Feirante morto na Rua José Avelino foi atingido por disparo de arma de fogo, conclui Polícia Civil

Informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)

feirantes da josé avelino protestando com faixas
Legenda: Confronto entre feirantes e Guarda Municipal aconteceu no último dia 18 de agosto
Foto: Reprodução

O feirante Naison Abdenego de Sousa, de 31 anos, morto durante confronto na Feira da Rua José Avelino após uma ação da Guarda Municipal de Fortaleza, realizada no último 18 de agosto, foi atingido por um disparo de arma de fogo.

A informação é da Polícia Civil do Estado, que divulgou nota sobre o caso neste sábado (18) - um mês após a ocorrência. Não foi informado de onde teria vindo o projétil. 

A Polícia aponta ainda que a 4ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) segue com o inquérito para identificar as circunstâncias do caso. Nenhum suspeito foi encontrado até então.

A nota ainda informa que a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) encaminhou à Polícia Civil o laudo de exame cadavérico, da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), e o laudo de balística, da Coordenadoria de Perícia Criminal (Copec).

Enquanto isso, diz o comunicado, “os laudos da Coordenadoria de Análises Laboratoriais Forenses (Calf) estão em fase final de processamento".

Confronto

Pouco antes de o feirante ser baleado, ambulantes realizaram protesto com cartazes na Avenida Alberto Nepomuceno. No local, agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Guarda Municipal, participaram da ação que acabou em confronto com os manifestantes.

Em imagens que registraram o embate inicial, é possível visualizar os agentes em formação com escudos, enquanto os feirantes gritam. Logo depois, uma correria pode ser vista no vídeo da ação, culminando no confronto entre os grupos. 

A Guarda informou que os agentes utilizaram apenas balas de borracha. No vídeo também é possível ver que alguns ambulantes reagiram com pedras como forma de revide.

Investigação municipal

Após a morte de Naison Abdenego, o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), instituiu um comitê com a intenção de dialogar com os ambulantes que atuam na José Avelino. E também informou sobre a determinação da investigação para detectar possíveis excessos na ação.

Enquanto isso, a Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), responsável pela Guarda Municipal, informou, também em nota, "que está realizando apuração do caso por vias administrativas, através de sindicância investigativa, sob responsabilidade da Corregedoria do órgão”.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança