Enfermeira é presa suspeita de se passar por médica em Beberibe

A mulher, proprietária de uma clínica, receitava medicamentos e realizava exames, segundo a Polícia

Escrito por Redação,

Segurança
Viatura Polícia Civil
Legenda: A Polícia ainda investiga se ela teria furtado e falsificado possíveis receituários com nome de um médico, que trabalha em um hospital da região
Foto: divulgação/PCCE

Uma enfermeira, de 35 anos, foi presa em flagrante, na segunda-feira (24), suspeita se passar por médica em Beberibe. Segundo as informações divulgadas pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (26), ela receitava medicamentos, realizava exames e usava o nome de outro profissional da área da saúde.

A mulher, proprietária de uma clínica, ainda está sendo investigada por supostamente furtar e falsificar possíveis receituários com nome de um médico, que trabalha em um hospital da região.

Conforme a Polícia Civil, as equipes de agentes de segurança iniciaram as diligências após serem informadas, por um Boletim de Ocorrência (BO), sobre uma suspeita, que seria proprietária de uma clínica e consultaria pacientes, além de receitar medicamentos, sem a formação profissional para tal atuação. 

Ainda segundo as investigações, a mulher teria usado um receituário com o nome de um médico da região, que conforme a Polícia Civil, não trabalha na clínica e sequer mantinha contato com a enfermeira.

Diante dos fatos, a suspeita, que possui antecedentes criminais por lesão corporal dolosa, foi localizada e conduzida à Delegacia Municipal de Beberibe. Na unidade, um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por exercício ilegal da profissão foi lavrado contra ela. 

Segundo a Polícia, as investigações acerca do caso continuam, de modo a identificar se de fato a mulher falsificou ou furtou os receituários do citado médico.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o telefone (85) 3338-2590, da Delegacia Municipal de Beberibe. O sigilo e anonimato são garantidos.

VCrepórter 

Presenciou um fato importante que merece virar notícia? Tem um vídeo ou uma foto? A sua sugestão ou denúncia pode virar uma matéria no Diário do Nordeste. Envie para o nosso WhatsApp (85) 99969-0752. Clique aqui para já mandar uma mensagem