Dois amigos são assassinados a tiros em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza

Os homens foram identificados como Tiago Santos Moura, de 29 anos, e Felipe de Oliveira Costa, de 25 anos

Localidade de
Legenda: O duplo homicídio aconteceu na localidade de "Telha", mais precisamente na Rua São Mateus
Foto: Rafaela Duarte

Dois amigos foram mortos a tiros na noite desta quarta-feira (14), no município de Aquiraz, localizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). As vítimas foram identificadas como Tiago Santos Moura, de 29 anos, e Felipe de Oliveira Costa, de 25 anos.

Tiago era dono de um bar dentro da casa onde residia. Ele estava sozinho no estabelecimento — que estava fechado — quando foi surpreendido pelos disparos. O dono do bar tentou fugir, mas acabou caindo sem vida a uma distância de aproximadamente 100 metros de casa, não resistindo às lesões a bala, principalmente, na cabeça e no rosto.

Já a outra vítima estava em uma calçada ao lado do bar, e tentou fugir quando começaram os disparos. Contudo, Felipe não conseguiu ir muito longe, sendo atingido por dois tiros nas costas. Não há informação de quantos criminosos estavam envolvidos no duplo homicídio, bem como se os homens usavam algum veículo na chegada ou na fuga.

Os homicídios aconteceram na Rua São Mateus, em uma localidade de Aquiraz conhecida como “Telha”, próximo ao centro do município. Policiais da 1ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Militar foram acionados à ocorrência via via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Os policiais informaram que Felipe não possuía antecedentes criminais e trabalhava em uma fábrica de cerâmica da região. Já Tiago respondia por lesão corporal. Contudo, a polícia não precisou se o antecedente pode estar relacionado com o duplo homicídio.

Moradores da região, bem como amigos e familiares, comentaram que ambos os homens eram pessoas calmas e não tinham, publicamente, inimizades conhecidas. Tiago deixa uma esposa grávida.

Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Fortaleza estiveram no local. O Sistema Verdes Mares aguarda mais detalhes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) sobre o duplo homicídio.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança