Após denúncias, Polícia Militar prende advogado e funcionário por queimada irregular no bairro Coaçu

As queixas de moradores eram recorrentes e no dia do flagrante, as aulas de uma creche tiveram de ser interrompidas pro causa da fumaça.

Legenda: Um advogado e seu funcionários foram presos por poluição ambiental ao queimarem terreno sem autorização
Foto: Reprodução / BPMA

A Polícia Militar Ambiental prendeu um advogado e seu funcionário por fazer queimadas irregulares em um terreno, gerando riscos de intoxicação aos moradores da região, no Bairro Coaçu, em Fortaleza, na última sexta-feira (13). 

Após receberem denúncias de moradores da comunidade Pôr do Sol, que fica perto da casa do advogado, os bombeiros foram até o local e encontraram o fogo fora de controle. De acordo com Braga, foram necessárias 4 horas de trabalho do Corpo de Bombeiros para debelar o incêndio.

Agentes do Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA) deram voz de prisão a Ricardo Borges, de 56 anos, advogado e dono do terreno, e a Amâncio de Lima, também de 56 anos, funcionário que havia iniciado o incêndio. Eles foram encaminhados à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) e autuados em flagrante pelo crime de poluição ambiental, por ação que resulta em danos à saúde humana. De acordo com o tenente Braga, do BPMA, eles foram liberados após pagamentos de fiança, de quatro e um salário minímo, respectivamente. 

Legenda: Foram necessárias 4 horas para debelar o fogo no terreno de um advogado, preso por poluição ambiental
Foto: Reprodução / BPMA

Devido ao risco de intoxicação, as aulas de uma creche da região foram interrompidas e 33 crianças tiveram que ser retiradas às pressas.

Para realizar queimadas de forma legal, os donos de terrenos devem procurar a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). "Nunca fazer queimadas sem autorização, pois pode fugir do controle e causar danos a população e ao meio ambiente, causando queimadas na vegetação e morte da fauna regional", reitera o tenente Braga.

Para denunciar casos de poluição atmosférica:

  • Batalhão da Polícia Militar Ambiental - (85) 31013545

  • Ciops - 190

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados