Municípios celebram Imaculada Conceição

Ao todo, moradores de 35 cidades do Ceará participam de uma programação especial em devoção à santa

Icó Trinta e cinco municípios do interior do Ceará celebram, hoje, o dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Sobral, que é uma das maiores cidades do Ceará, tem a santa como padroeira. As paróquias do Interior programaram missas, procissões e adoração ao Santíssimo Sacramento para a data, que celebra o dogma católico da isenção do pecado original dado a Maria, que concebeu Jesus por graça do Espírito Santo.

Católicos participam do novenário em louvor à Nossa Senhora da Conceição, em Icó. Tirar foto ao lado da santa é uma tradição FOTO: HONÓRIO BARBOSA


Cidades que têm Nossa Senhora da Imaculada Conceição como padroeira: Acaraú, Amontada, Aracoiaba, Bela Cruz, Cascavel, Deputado Irapuan Pinheiro, Farias Brito, Granjeiro, Guaramiranga, Hidrolândia, Iracema, Ipaumirim, Ipueiras, Itapiúna, Jaguaretama, Limoeiro do Norte, Madalena, Martinópole, Mauriti, Meruoca, Milhã, Moraújo, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palhano, Pentecoste, Pindoretama, Porteiras, Potiretama, Quixeré, Redenção, Sobral, Tururu e Quiterianópolis.

Além dessas paróquias, centenas de capelas em todas as regiões do Estado, nas cidades e nos distritos, festejam Imaculada Conceição, desde o último dia 30. O vigário geral da Diocese de Iguatu, padre Afonso Queiroga, disse que os católicos vivenciam neste período o tempo do Advento (preparação para o Natal). "É com a Virgem Maria que melhor aprendemos a esperar o Cristo, nosso Deus", observou. "Hoje celebramos com grande alegria uma das festas religiosas importantes para a nossa fé".

Na cidade de Icó, na região Centro-Sul, os católicos participam do ciclo de festas religiosas celebradas ao longo deste mês. São três novenários que reúnem milhares de fiéis que cantam e rezam em devoção à Imaculada Conceição, Nossa Senhora da Expectação, a padroeira do município, e ao Senhor do Bonfim (Jesus Crucificado). Os festejos começaram no último dia 29 e prosseguem até o próximo dia 6 de janeiro.

Dezembro é o mês das grandes festas religiosas em Icó, cidade tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O ciclo de celebrações começou com o novenário em louvor à Nossa Senhora Imaculada Conceição, na Igreja do Monte, que será encerrado no próximo dia 8, data dedicada à santa.

Naquela ocasião, às 17 horas, haverá procissão com a condução do andor de Nossa Senhora da Imaculada Conceição saindo da Igreja do Monte e percorrendo ruas do centro histórico. A caminhada de fiéis vai passar em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Expectação, onde haverá a solenidade de abertura dos festejos religiosos em louvor à padroeira do município, Nossa Senhora da Expectação.

Animação

Neste ano, um coral com dezenas de mulheres grávidas, vai animar o início do novenário dedicado à Nossa Senhora da Expectação, que é Maria Santíssima na espera de dar à luz o Menino Jesus. "Haverá o hasteamento da Bandeira e, em seguida, a primeira celebração", disse o vigário, frei Antonio de Pádua. "Estamos vivendo um tempo especial de festividades religiosas em que as famílias se encontram para celebrar Maria e o próprio filho, Jesus".

Para os católicos, Nossa Senhora da Imaculada Conceição é um título dado à Maria que concebeu por graças do Espírito Santo, sem mácula. A programação será realizada na Igreja do Monte, edificação imponente na entrada da cidade, construída há mais de 200 anos, tombada pelo Iphan.

Nos festejos em louvor à Nossa Senhora da Expectação, a santa padroeira de Icó, no período de 9 a 18 deste mês, mais uma vez, os católicos mostram a devoção à Virgem Maria. O novenário é celebrado no interior da Igreja Matriz, construída em 1709. Durante a festa, todos os dias, às 5 horas da manhã, são celebrados ofícios. A programação social inclui realização de quermesses. No encerramento, haverá procissão a partir das 17 horas e missa solene às 18 horas.

Senhor do Bomfim

Quatro dias após o término da festa da padroeira, Nossa Senhora da Expectação, começam os festejos em louvor ao Senhor do Bonfim. É a maior festa religiosa da região Centro-Sul e uma das maiores do Ceará. A abertura será no próximo dia 22, com a carreata, hasteamento da bandeira do santo e bênção dos veículos. A programação será campal no Largo do Thebérge.

A Igreja do Senhor do Bonfim foi construída em 1749 e recentemente passou à categoria de santuário. No seu interior, o altar principal abriga a imagem de Jesus Crucificado que veio de Portugal para o Icó, há mais de 250 anos. O vigário de Icó, frei Antonio de Pádua, lembra que celebrar Senhor do Bonfim segue uma tradição histórica e é a festa dedicada a Jesus. "Ele é maior e é tudo, toda a graça", frisou.

O encerramento será no dia 1º de janeiro, com missa solene às 9 horas e, no fim da tarde, a grande procissão que arrasta cerca de 20 mil fiéis pelas ruas históricas da cidade. A finalização é marcada pela queima de centenas de fogos e uma bateria de bombas que provoca uma explosão em cadeia e dura cerca de cinco minutos.

O ciclo de festas religiosas em Icó só termina no próximo dia 6 de janeiro, quando haverá a solenidade de subida da imagem de Senhor do Bonfim ao nicho do altar principal do santuário por volta das 19 horas. Entre o dia 1º e o dia 6, milhares de devotos comparecem ao templo para rezar, fazer preces e agradecer ao pé da imagem do santo.

O secretário de Educação de Icó, Getúlio Oliveira, observa que o ciclo de festividades religiosas em Icó celebra três fazes da vida do Menino Deus. Imaculada Conceição que simboliza a gestação de Maria Santíssima, em seguida Nossa Senhora da Expectação, que Maria na espera de dar à luz o filho Jesus, e, por último, Senhor do Bonfim que é Jesus Crucificado, mas que ressuscitou e venceu a morte.

O bispo da Diocese de Iguatu, dom João Costa, observou que em Icó há uma longa tradição religiosa de celebrações importantes que atraem milhares de católicos. "É um centro histórico de devoção à Maria e a Jesus Cristo", disse. Em março de 2011, três frades da Ordem dos Carmelitas assumiram as paróquias de Icó e após a chegada dos religiosos houve um incremento e maior participação dos fiéis às festividades católicas.

Mais informações:

Paróquia de Nossa Senhora da Expectação
Cidade de Icó
Largo do Thebérge
Telefone: (88) 3561. 1052

HONÓRIO BARBOSA
REPÓRTER
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará