José de Abreu abre mão de carreira para se candidatar a deputado federal pelo PT em 2022

De acordo com o ator, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é contra a ideia

Ator José de Abreu e ex-presidente Lula
Legenda: O artista contou que deseja o cargo "para ajudar o Lula a reconstruir o Brasil"
Foto: Reprodução/Instagram

O ator José de Abreu, de 75 anos, declarou que abriu mão da carreira para se candidatar a deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2022. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Ele apoiará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa pelo Palácio do Planalto e Marcelo Freixo, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), ao governo do Rio. Para o artista, filiado ao PT, "a junção de Lula e Freixo é irresistível".

José de Abreu é um dos nomes da próxima novela da TV Globo, "Um Lugar ao Sol", que estreia em novembro. Ele interpretará o papel de Santiago, um milionário com viés de esquerda. A emissora ainda não se pronunciou sobre a decisão do ator.

Lula é contra a ideia

De acordo com Abreu, Lula é contra a ideia da candidatura. "Ele acha que hoje, como ator da TV Globo, eu calço 47 (em importância). Se for deputado, vou calçar 33, pois serei do baixo clero do Congresso (um entre 513 parlamentares)".

Já o amigo José Dirceu foi a favor. "Ele diz que, além de seguir calçando 47, vou somar os 33", afirma Abreu.

"Vou abrir a mão da minha carreira, do que eu mais amo fazer, que é representar, para ajudar o Lula a reconstruir o Brasil e o Freixo a reconstruir o Rio de Janeiro", explica o ator.