Vereadores aprovam antecipação de feriados em Fortaleza para esta semana

Os feriados de Nossa Senhora de Assunção e de Corpus Christi serão transferidos para as próximas quarta (27) e quinta (28). Medida foi enviada pela Prefeitura para aumentar isolamento social na capital

Legenda: Vereadores de Fortaleza durante sessão virtual da Câmara Municipal nesta terça-feira (26)

Os vereadores de Fortaleza aprovaram, nesta terça-feira (26), em sessão virtual, por 30 votos a favor e seis contra, a antecipação dos feriados de Nossa Senhora de Assunção e de Corpus Christi na Capital cearense para quarta (27) e quinta (28) desta semana. A medida tem o objetivo de aumentar o isolamento social.

Votaram contra a proposta os vereadores: Jorge Pinheiro (PSDB), Plácido Filho (PSDB), Priscila Costa (PSC), Sargento Reginauro (Pros), Julierme Sena (Pros) e Dummar Ribeiro (PL).

 

No calendário, o feriado de Corpus Christi é marcado para o dia 11 de junho e o de Nossa Senhora de Assunção para 15 de agosto. Com a aprovação da Câmara Municipal, eles serão transferidos para os próximos dias assim que a lei for sancionada pelo prefeito Roberto Cláudio (PDT). Segundo a Prefeitura, lotéricas e bancos irão funcionar normalmente nos feriados de quarta e quinta.

> Após estudo sobre cloroquina, Sesa não recomenda o uso do medicamento no tratamento contra Covid-19

Alguns vereadores disseram que consultaram lideranças religiosas antes de votar a proposta, já que se tratam de feriados religiosos, e votaram contra pelo "prejuízo" a eventos religiosos, como a tradicional Caminhada com Maria, que ocorre no dia 15 de agosto, feriado de Nossa Senhora de Assunção, padroeira de Fortaleza.

A proposta foi encaminhada pela Prefeitura, na última segunda-feira (25), para a Câmara e aprovada em regime de urgência

Isolamento

Na Mensagem, Roberto Cláudio justifica que a antecipação dos feriados busca atingir índices maiores de isolamento social na Capital para o combate à Covid-19.

Fortaleza é o epicentro da pandemia no Ceará, com 20.146 infectadas pela doença e 1.687 mortes registradas, de acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado.