Presidente intensifica viagens pelo País e busca temas de apelo

Após queda na popularidade, Palácio do Planalto investe em atos públicos de Jair Bolsonaro em diversas cidades

Legenda: Jair Bolsonaro cumprimenta populares na saída do Alvorada, no sábado
Foto: Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro retomou o clima de campanha eleitoral, seis meses depois de tomar posse como presidente. Nas últimas semanas, ele intensificou a agenda de atos públicos em diversas cidades. A mudança na postura, depois de um início de Governo restrito ao Palácio do Planalto, ocorre após pesquisas de opinião indicarem queda nos índices de popularidade.

Desde o início deste mês, Bolsonaro saiu nove vezes de Brasília. Passou por dez cidades diferentes. A capital paulista entrou quatro vezes no roteiro presidencial. O giro incluiu um destino internacional: Buenos Aires.

Os discursos do presidente também abordam mais temas ligados ao cotidiano dos brasileiros. Neste domingo, por exemplo, ele voltou a avaliar que os juros estão altos no Brasil. 

Em um post no Twitter, acompanhado de um vídeo com elogios e detalhes do Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020, anunciado terça, Bolsonaro escreveu: “Boas notícias para o campo, mas reconhecemos que os juros ainda estão altos no Brasil”. A postagem foi retuítada, entre outros, pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Apesar de anunciar recursos semelhantes para o crédito agrícola na safra a ser iniciada em 1º de julho, o Governo elevou para 8% as taxas máximas, para o financiamento a grandes produtores, ante 7% na safra atual. 

Na média, os juros aos agricultores foram elevados entre 0,5 ponto e 1 ponto porcentual entre os períodos. É pelo menos a segunda vez que o presidente usa o crédito agrícola para criticar juros praticados no País. No dia 29 de abril, na abertura da Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), Bolsonaro pediu, ao presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, para que reduzisse juros aos produtores rurais.


Categorias Relacionadas