Placar da Reforma da Previdência: veja como votam os deputados cearenses

Desde o início da discussão, cresceu o número de parlamentares que se declaram contrários às mudanças na aposentadoria da forma que está

Em meio ao impasse sobre a votação da Reforma da Previdência, que está tramitando na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, a quase totalidade dos deputados federais cearense se apresenta contrária a aprovação da reforma.

Do total de 22 parlamentares, 21 agora dizem ser contrários ao texto apresentado pelo governo. Apenas o deputado Heitor Freire (PSL)  declara voto favorárel à medida da forma como está.

Na CCJ, há quatro deputados cearenses: José Guimarães (PT), Júnior Mano (PR), Genecias Noronha (SD) e Eduardo Bismarck (PDT). Todos dizem que irão votar contra a matéria do governo.

Alguns parlamentares ainda admitem mudar o voto a depender de alterações que possam ser feitas na proposta. Uma das maiores queixas dizem respeito à aposentadoria rural e ao Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Acompanhamento

No fim de fevereiro, com o início das discussões em torno do novo sistema de aposentadorias, o Diário do Nordeste ouviu os mesmos parlamentares. E, a comparação mostra que a articulação do governo falhou na tentativa de convencer os parlamentares a apoiarem a proposta.

No dia 22 de fevereiro, 15 deputados se posicionavam contra, seis indecisos e somente um favorável. Cresceu o número de contrários às medida.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política