Paulo César Norões: Mais convergências do que divergências

Ao contrário dos que poderia se supor, foi dos mais cordiais o encontro dos governadores do Nordeste com Jair Bolsonaro, nessa quinta-feira, no Palácio do Planalto. Afinal, todos eles fazem oposição programática e ideológica ao presidente. O que se viu, no entanto, foi um encontro proativo, onde as partes procuraram deixar claro que, acima dos interesses partidários, estão os interesses da população.

Coube a Camilo Santana representar os colegas na apresentação da carta com as reivindicações deles na área de educação e a retomada urgente de obras federais na região, especialmente as rodoviárias, de segurança hídrica (transposição do São Francisco) e habitação (Minha Casa Minha Vida). Bolsonaro acolheu os pedidos e determinou aos ministros presentes ao encontro - Santos Cruz, Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni - darem encaminhamento às reivindicações.

Os governadores reforçaram, ainda, seu posicionamento em relação à reforma da Previdência proposta pelo Governo e em tramitação no Congresso Nacional. São a favor da reforma, mas discordam de alguns pontos, especialmente no que diz respeito a aposentadoria dos trabalhadores rurais e a perda de direitos adquiridos. Ressaltaram, porém, que há mais convergências do que divergências em relação ao projeto.

Coaf vai para a economia

Bastidores de Brasília fervilham no que diz respeito à relação dos parlamentares com o ministro Sergio Moro. Consta que tudo o que for do interesse do ex-todo-poderoso da Lava Jato terá grande chance de ser rejeitado na Câmara. O Coaf foi mais um exemplo. Essa intriga não é salutar para a democracia. Deputados e senadores devem examinar os projetos de acordo com os interesses do país, não a partir dos próprios interesses contrariados.

Um canal pra chamar de seu

Em menos de dois dias, mais de 41 mil pessoas já se inscreveram no canal de Ciro Gomes no You Tube. O presidenciável do PDT, em 2018, criou o canal para debater os problemas do Brasil com personalidades políticas e especialistas de todas as áreas, já de olho, claro, em 2022, quando pretende se candidatar mais uma vez. O primeiro bate-papo, com Ildeu de Castro Moreira, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), teve mais de 50 mil visualizações.

Senador presente

A volta de Luis Pontes ao comando do PSDB cearense será prestigiada pelo líder maior da legenda, no Ceará, o senador Tasso Jereissati. A reunião dos tucanos será nesta sexta-feira à tarde, na Assembleia Legislativa. Além de Luís Pontes, serão eleitos o presidente do Diretório de Fortaleza, o ex-deputado estadual Carlos Matos, e o coordenador do Instituto Teotônio Vilela, no Ceará, o ex-deputado federal Raimundo Gomes de Matos.

Novo round

Aprovada na Assembleia Legislativa, a lei que libera a venda de bebida nos estádios cearenses será contestada pelo Ministério Público Federal. O procurador Alessander Sales já está pronto para arguir a inconstitucionalidade da matéria, que contraria dispositivo do Estatuto do Torcedor.


Assuntos Relacionados