Paulo César Norões: Evandro Leitão quer evitar desperdícios

Escrito por Redação,

Política

Um bilhão e trezentas mil toneladas de alimentos são desperdiçadas anualmente no planeta. Algo em torno de 30% da produção mundial. Os dados são do Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que estima que 54% das perdas ocorrem na fase inicial da produção, enquanto as demais 46% acontecem na fase de processamento, distribuição e consumo. Desperdício não é coisa de país rico, onde a comida é farta. Ocorre também onde há muita pobreza, como no Nordeste do Brasil.

Para combater esse problema, o deputado Evandro Leitão (PDT) apresentou na Assembleia Legislativa projeto de indicação que estabelece a criação e as diretrizes do Plano Estadual de Combate às Perdas e ao Desperdício de Alimentos. O projeto prevê a criação de um Banco de Alimentos, equipamento estratégico para atuar na reutilização de alimentos ainda em condições de consumo por seres humanos ou, quando isso não for possível, no direcionamento para o consumo animal. "O desperdício de alimentos tem consequências no meio ambiente, na segurança alimentar da população menos favorecida e no desenvolvimento dos países, visto que a produção exige gastos de energia, água e recursos humanos", avalia o deputado.

2020 já começou

Pré-candidato a prefeito de Aquiraz, deputado Bruno Gonçalves (Patriotas) denunciou na Assembleia Legislativa o prefeito Edson Sá por má gestão. Citou como exemplo o Porto das Dunas, praia que reúne um dos maiores PIBs do Ceará, mas com graves problemas de infraestrutura, como a falta de saneamento básico. Coube ao deputado Salmito Filho (PDT), que tem o prefeito Evandro como aliado, fazer a defesa da atual administração municipal.

Saúde

Embora pertençam à base governista, os deputados estaduais Agenor Neto (MDB) e Dra. Silvana Oliveira (PR) não têm dispensado ácidas críticas ao setor de saúde do Governo do Estado. Lembram, sempre, de isentar o secretário Cabeto, que assumiu há apenas três meses. A expectativa é até onde vai este "fôlego" dos parlamentares até serem chamados pelo Palácio da Abolição.

Experiência

Novidade poderá surgir em Crateús nas eleições municipais do próximo ano. Aventa-se a possibilidade da candidatura a prefeito de Manoel Veras, com o apoio do ex-prefeito e hoje deputado estadual Carlos Felipe (PCdoB). Manoel, filho de Crateús, foi destacado deputado estadual, líder de Governo e conselheiro do extinto Tribunal de Contas dos Municípios. As conversas de incentivo estão de vento em popa.

Prioridade

Tramita na Câmara de Fortaleza projeto de lei da vereadora Priscila Costa (PRTB) que dá prioridade para autistas e acompanhantes no atendimento em estabelecimentos públicos e privados em Fortaleza. Priscila apresentou dados da Organização Mundial da Saúde, que apontam 70 milhões de pessoas no mundo todo com algum tipo de autismo. No Brasil, são cerca de dois milhões. "Ainda não temos um censo para nos basearmos em números municipais, mas devemos dar atenção à causa", ressalta a vereadora.