Grupo 'Vidas Brasileiras', que tem Xuxa e Felipe Neto, pede impeachment de Bolsonaro à Câmara

Artistas e intelectuais integram movimento que acusa Bolsonaro de crimes de responsabilidade

Escrito por Redação,

Política
Bolsonaro em 'motocada' que promoveu aglomeração no Rio de Janeiro
Legenda: No último dia 23, antes de ajuizar a última ação contra medidas de isolamento no STF, Bolsonaro promoveu uma 'motocada' com aglomeração no RJ
Foto: Alan Santos/PR

O grupo "Vidas Brasileiras", com nomes como Xuxa Meneghel, Felipe Neto e Walter Casagrande, protocolou um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta segunda-feira (24). Solicitação foi enviada à Câmara dos Deputados. 

Com isso, Bolsonaro já contabiliza 120 pedidos de impeachment, com seis destes já arquivados e 114 aguardando análise. Decisão cabe ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

O documento é assinado ainda por intelectuais e artistas como Fábio Porchat, Chico César e Julia Lemmertz.

Crimes de responsabilidade na pandemia

O grupo acusa Bolsonaro de uma série de crimes de responsabilidade durante o combate à pandemia da Covid-19. 

"Ao longo dos últimos 15 meses, desde os primeiros casos identificados de Covid19 no Brasil, o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro praticou um conjunto de atos ilícitos que configuram crimes de responsabilidade e embasam a presente denúncia", afirma o pedido. 

Principais ações de Bolsonaro apontadas como crime pelo grupo:

  • Disseminação de notícias falsas (como o incentivo ao "tratamento precoce" da Covid)
  • Negar aquisições de vacinas 
  • Promoção de aglomerações, descumprindo normas sanitárias 
  • Declarações que violam a dignidade do brasileiro e violam o decoro de seu cargo
  • Determinar a produção de hidroxicloroquina pelo laboratório do Exército 

"As infrações político-administrativas acima elencadas violam a Constituição e a lei em qualquer contexto. Na atual conjuntura, em que o Brasil e o mundo são afetados por uma crise sanitária e econômica sem precedentes, as consequências dos atos do Chefe do Poder Executivo e Chefe de Estado se tornam ainda mais graves", diz o pedido de destituição.

Vidas Brasileiras

A iniciativa se descreve como um grupo "profundamente indignado com os atos e omissões do Governo Federal". Segundo a descrição do "Vidas Brasileiras" disponível no site, sob o comando de Bolsonaro, o País não tem conseguido combater a pandemia e garantir a saúde da população. 

"Somos integrantes da sociedade civil brasileira, das mais diferentes áreas, origens e convicções, sendo que o que nos une é a necessidade urgente de mudanças na condução política-administrativa do Brasil, sobretudo na área da saúde", aponta a organização.