DEM expulsa Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara, do partido

Maia fez duras críticas ao presidente da legenda, ACM Neto

Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara dos Deputados
Legenda: Rodrigo Maia foi expulso do partido Democratas (DEM)
Foto: Agência Brasil

O Democratas (DEM) decidiu expulsar o deputado e ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, nesta segunda-feira (RJ). "Em reunião realizada nesta segunda-feira (14), a Executiva Nacional do Democratas decidiu expulsar o deputado Rodrigo Maia (RJ) de seu quadro de filiados", afirmou o partido em nota oficial.

"Após garantir o amplo direito de defesa ao parlamentar, os membros da Executiva apreciaram o voto da relatora, deputada Prof. Dorinha. A comissão nacional, à unanimidade de votos, deliberou pelo cometimento de infração disciplinar, e consequente expulsão do deputado", disse.

Nota oficial do DEM
Legenda: Nota oficial do DEM sobre expulsão de Rodrigo Maia
Foto: Reprodução/Twitter

Rodrigo Maia se pronunciou sobre a expulsão em suas redes sociais, se referindo ao presidente do partido, ACM Neto, como 'Torquemada Neto'.

"O DEM decidiu me expulsar de seus quadros. O presidente Torquemada Neto, usando o seu poder para tentar calar as merecidas críticas à sua gestão, tomou essa decisão. É lamentável o caminho imposto pelo Torquemada para o partido", disse Maia. 

Tweet de Rodrigo Maia sobre sua expulsão do DEM
Legenda: Rodrigo Maia comenta sua expulsão do DEM
Foto: Reprodução/Twitter

"Não só por isso, mas também pela sua deslealdade e falta de caráter, pedi a minha desfiliação. O partido diminuiu. Virou moeda de troca junto ao governo Bolsonaro. Agora é virar a página e juntar forças para um projeto de desenvolvimento do Brasil e em prol dos brasileiros", finalizou o deputado. 

Tomás de Torquemada foi o 'Grande Inquisidor' da Espanha, conhecido por um grande número de execuções e uma campanha contra judeus e muçulmanos. 

Racha do partido

Maia e ACM Neto têm trocado críticas desde janeiro, quando o ex-presidente da Câmara afirmou que foi abandonado pelo partido na eleição do comando da casa. O deputado Baleia Rossi (MDB-SP), apoiado por Maia, foi derrotado por Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro. 

O DEM decidiu pautar a expulsão de Maia em maio. Rodrigo também já havia pedido sua desfiliação na Justiça Eleitoral, sem risco de perda de mandato. O partido não informou se irá pedir o mandato dele judicialmente. 

Após formalizar o pedido, Maia usou suas redes sociais para fazer fortes críticas a ACM Neto. "Malandro baiano", "Esse baixinho não tem caráter" e "Bolsonaro presidente e ACM Neto vice-presidente. Não sobrou nada além disso" foram alguns dos ataques postados pelo deputado

Nos últimos meses, Maia vem se aproximando do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), do governador de São Paulo, João Díria (PSDB), e outros nomes. Ele não divulgou em qual legenda deve ingressar. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política