A segunda moradia no Ceará e o "boom" em Guaramiranga

Escrito por Patrícia Leitão ,
Patrícia Leitão é corretora de imóveis e especialista em imóveis serranos
Legenda: Patrícia Leitão é corretora de imóveis e especialista em imóveis serranos
O mercado de segunda moradia prosperou em 2023 no Ceará. Revelando perspectivas e tendências promissoras, a região que merece destaque nesse cenário é Guaramiranga, onde um notável aumento de 40% nas vendas de imóveis chama a atenção.
 
O interesse reflete uma mudança nas preferências do consumidor, impulsionada por uma busca por qualidade de vida, proximidade à natureza e oportunidades de escapar do estresse urbano. Guaramiranga, localizada na serra cearense, tornou-se um polo para aqueles que buscam não apenas uma casa secundária, mas um refúgio.
 
A principal tendência observada é a diversificação dos perfis de compradores. Anteriormente associado principalmente a um público mais maduro, o mercado de segunda moradia agora atrai jovens profissionais em busca de espaços que ofereçam um equilíbrio entre trabalho remoto e lazer.
 
Outra tendência marcante é a integração de tecnologias inteligentes nas propriedades. Os imóveis para segunda moradia estão sendo projetados para oferecer automação residencial, proporcionando conforto e segurança aos proprietários, mesmo quando estão distantes. O uso de aplicativos para gestão remota de propriedades e serviços adicionais também está se tornando uma prática comum.
 
O aumento nas vendas em Guaramiranga pode ser atribuído a uma combinação única de fatores, incluindo a beleza natural da região, investimentos em infraestrutura e a promoção de um estilo de vida mais descontraído. 
 
No entanto, é crucial abordar considerações ambientais e sustentáveis nesse boom imobiliário. A preservação das áreas verdes e o desenvolvimento responsável são temas-chave e já estão incorporados à expansão do mercado de segunda moradia para garantir um equilíbrio sustentável.
 
As perspectivas para a segunda moradia em 2024 são otimistas, com Guaramiranga liderando o caminho como um destino preferencial. O aumento nas vendas não apenas destaca a atratividade dessa região específica, mas também reflete uma mudança de modelo na forma como as pessoas enxergam e buscam suas segundas residências. O momento emocionante para os entusiastas do mercado imobiliário, pois testemunhamos a evolução e a adaptação do setor.
 
Patrícia Leitão é empresária e corretora de imóveis
Consultor pedagógico
Davi Marreiro
16 de Abril de 2024