Planos de saúde de Fortaleza devem realizar teste para coronavírus, notifica o Ministério Público

A recomendação vai de acordo com resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: Operadoras de saúde devem realizar os testes para coronavírus, conforme recomendação do MPCE
Foto: Danny Lawson/POOL/AFP

As operadoras de saúde particulares devem, a partir desta sexta-feira (13), se responsabilizarem pela realização dos exames diagnósticos do coronavírus. Até então, os exames feitos nos planos de saúde eram encaminhados para realização na rede pública. A orientação foi notificada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) e vale para a capital. 

A recomendação vai de acordo com Resolução Normativa nº 453/2020, adotada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, publicada nesta quinta-feira (12). 

"Por isso, as operadoras precisam ter um fluxo de atendimento para os beneficiários. Isto é o que foi determinado pela ANS e requisitei que as empresas informem ao Ministério Público quais providências estão sendo tomadas para cumprir a normativa", aponta a titular da 137ª Promotoria, Ana Cláudia Uchoa. Os planos de saúde têm cinco dias para responder a solicitação do MPCE. 

Confira a lista de empresas notificadas pelo MPCE

  • Unimed de Fortaleza Sociedade Cooperativa ME
  • Unimed do Ceará – Federação das Sociedades 
  • Sistema Prevsaúde LTDA
  • Free Life Operadora de Planos de Saúde LTDA
  • Caixa de Assistência dos Servidores Fazendários
  • Hapvida Assistência Médica LTDA
  • Fundo de Assistência à Saúde dos Funcionários do Banco do Nordeste
  • Interbrasil Administrativa de Benefícios LTDA
  • Luna Care Assistência Média LTDA

 

Assuntos Relacionados