Fortaleza registra maior chuva do Ceará entre domingo e esta segunda

A Capital registrou um acumulado de 97,2 milímetros de chuva no Posto Castelão

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: Trecho da Avenida Perimetral em Fortaleza alagada
Foto: José Leomar

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuvas em pelo menos 122 municípios do Ceará entre as 7 horas de domingo (26) e o mesmo horário desta segunda-feira (27). A maior chuva foi em Fortaleza com 97,2 milímetros registrados no Posto Castelão. Segundo o órgão, a Grande Fortaleza recebeu precipitações significativas. Houve boas chuvas em São Gonçalo do Amarante (69,8 milímetros), Eusébio (67 milímetros), Maranguape (60,2 milímetros) e Caucaia (53,6 milímetros). 

A chuva ocasionou alguns pontos de alagamentos. Houve registro na Avenida Perimetral, próximo à Rua Coronel Carvalho  e Rua Cônsul Gouveia, no Bairro Carlito Pamplona. Como também no cruzamento entre as Avenidas Pontes Vieira e Desembargador Moreira, no Bairro Dionísio Torres. Motoristas tiveram dificuldades para trafegar na Avenida Presidente Castelo Branco, a Perimetral, próximo ao Bairro José Walter. O nível de um lago subiu e invadiu a pista. 

Os condutores também tiveram dificuldades de trafegar devido os pontos de alagamentos formados no quilômetro 14, da BR-116, no bairro Paupina. O local que liga as avenidas Raul Barbosa e Alberto Craveiro passa por obras de duplicação que causam tratornos aos motoristas principlamente dos dias de chuvas.

Legenda: Água da chuva forma pontos de alagamento em trecho da BR-116, na Paupina.
Foto: Foto: Fabiane de Paula

Outros pontos de alagamentos: 

  • Avenida Raul Barbosa, no Bairro Aerolândia. 
  • Avenida Heráclito Graça entre as ruas Ildefonso Albano e João Cordeiro, já próximo ao Ginásio Paulo Sarasate. 
  • Avenida Almirante Henrique Sabóia (Via Expressa) e a Avenida Júlio de Abreu, no Bairro Varjota. 
  • Avenida Jornalista Tomaz Coelho, no bairro Messejana.

Chuvas no interior

No Sertão Central e Inhamuns choveu em 28 cidades. Catarina foi o município com mais precipitações com 67 milímetros. No Maciço de Baturité choveu em todas as cidades. Sete no total. Itapiúna registrou 48 milímetros.  

Outra região que recebeu precipitações foi a do Cariri, com 20 cidades contempladas. O maior registro da região ocorreu em Jucás, com 43,2 milímetros. Já no Vale do Jaguaribe, onde se concentra o Açude Castanhão, 18 municípios receberam chuvas. Em Limoeiro do Norte choveu 68 milímetros. Outras regiões também receberam precipitações tais como Litoral Norte e Ibiapaba. 

A Funceme explica que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) segue próximo do Ceará, ou seja, tendência de mais nuvem com chuva. Áreas do litoral, Maciço de Baturité e no noroeste estão sob boas condições para precipitações até terça-feira. Nas demais, as condições são mais reduzidas, porém, registros pontuais são esperados.

Legenda: Tempo nublado no distrito de Lima Campo, em Icó, Região Centro-Sul do Estado
Foto: Lázaro Lopes/VC Repórter

10 maiores chuvas por posto no dia:

  1. Fortaleza (Posto: Castelao) : 97.2 mm
  2. São Gonçalo Do Amarante (Posto: Croata) : 69.8 mm
  3. General Sampaio (Posto: Jurema) : 68.0 mm
  4. Limoeiro Do Norte (Posto: Bixopa) : 68.0 mm
  5. Eusébio (Posto: Eusebio) : 67.0 mm
  6. Catarina (Posto: Fechado) : 67.0 mm
  7. Maranguape (Posto: Itapebussu) : 60.2 mm
  8. Maranguape (Posto: Ac. Amanary) : 55.0 mm
  9. Caucaia (Posto: Caucaia) : 53.6 mm
  10. São Gonçalo Do Amarante (Posto: Sede) : 53.0 mm

Situação dos principais açudes 

De acordo com a Cogerh, 48 açudes estão sangrando no Estado. 57 açudes estão com aporte acima de 90%. E 51 açudes estão com volume inferior a 30%.  O Castanhão, principal reservatório a abastecer a Grande Fortaleza, tem 14,26% da capacidade máxima. Já o Orós, segundo maior açude do estado, tem 24,12% do volume máximo. O Banabuiú está com 10,72%.