Escola se adapta e promove evento para estimular a integração entre os estudantes

Realizada há mais de três décadas pelo Colégio Santa Cecília, a Semana de Integração, Cultura e Esporte (Sice) retornou com as atividades em 2021

Escrito por Agência de Conteúdo DN,

Metro
Legenda: As atividades esportivas foram separadas em três finais de semana para evitar aglomerações
Foto: Divulgação

Tradição, aprendizado e cultura. Para além das matérias da grade curricular regular, é importante que a escola seja um ambiente que promova o crescimento dos estudantes enquanto indivíduos. Dentro dessa perspectiva, há mais de três décadas, o Colégio Santa Cecília realiza a culminância de diversas ações vivenciadas durante o ano com a Semana de Integração, Cultura e Esporte, a Sice. Suspenso no ano passado, o evento voltou em 2021, iniciando com a gincana, com o objetivo de estimular a solidariedade nas famílias e promover a reflexão sobre o período atual.  

Neste ano, o tema da Sice foi “Alegrar-se e fazer o bem!”. Nas edições anteriores, todas as atividades ocorriam durante uma semana. Para se adequar às demandas atuais, a Sice foi realizada ao longo de todo o ano, e o primeiro projeto foi uma gincana cultural, recreativa e beneficente, através da qual foram arrecadadas 1.760 cestas básicas e mais de R$ 70 mil em dinheiro, o que beneficiou 14 instituições assistenciais de Fortaleza.  

“Realizamos um drive-thru no estacionamento do Colégio, em um sábado, o qual denominamos de ‘Drive-thru da Alegria e do Bem’. As famílias vinham com os filhos e faziam a doação. Mais do que a arrecadação, o importante era o exercício do gesto concreto”, comenta Aldênio Cyrino, coordenador-geral de ensino do Santa Cecília.  

No mês de agosto, aconteceu a Exposição Científica e Cultural, ainda em formato remoto. Na ocasião, os alunos foram divididos em equipes e apresentaram projetos de pesquisa sobre diversas temáticas e, além dos temas científicos, discorreram acerca de conteúdos a partir de questões sociais, como vacinação, mídias sociais, saúde mental, preconceito e outros.  

Já as atividades esportivas, que também fazem parte da Sice, foram realizadas em três finais de semana, a fim de evitar aglomerações e garantir um evento de forma mais segura.  

Acolhimento da família 

O envolvimento das famílias sempre foi uma marca importante da Sice ao longo de toda a sua história, quando os responsáveis participam ativamente, integrando as equipes da gincana, representando a série dos filhos. “Eles também são torcedores vibrantes, tanto durante os jogos como na noite de encerramento, na apresentação das danças”, explica Aldênio Cyrino.  

Em relação ao retorno do evento, Eveline Rêgo, mãe de duas estudantes do Colégio Santa Cecília, reforça a importância da Semana para os alunos. “Trouxe de volta para nossos filhos a alegria, o entusiasmo, a reflexão e a união que são próprios da juventude e que, com a pandemia, estavam um pouco adormecidos. Não só nossos filhos, mas nós, famílias, também nos emocionamos, acompanhamos virtualmente, por telefone, nos grupos e nos fizemos presentes na Sice 2021! Também fomos beneficiados com o entusiasmo e a vitalidade que a Sice proporciona às famílias!”

O encerramento do projeto deste ano se deu por meio da Sice Recordações, evento no qual os alunos puderam reviver danças e momentos marcantes dos anos anteriores em transmissão simultânea, live, e para uma plateia presencial de 200 alunos. De acordo com o coordenador-geral, as ações da Sice 2022 já estão sendo planejadas.  

 

Assuntos Relacionados