Emoção e esperança marcam vacinação contra Covid-19 de 2.500 gestantes em Fortaleza no Dia das Mães

Ação promovida pela Secretaria Municipal da Saúde acontece no Centro de Eventos do Ceará.

Legenda: No total, 17 cabines estão disponíveis exclusivamente para esse público no local de vacinação neste domingo (9)
Foto: André Costa

Emoção, alívio e esperança são palavras recorrentes na fala das gestantes que se dirigem, neste domingo (9), para o Centro de Eventos do Ceará de modo a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, produzida pela americana Pfizer.

A iniciativa é capitaneada pela Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS) e deve imunizar até 2.504 gestantes. No total, 17 cabines estão disponíveis exclusivamente para esse público no local de vacinação. Todas as convocadas receberam mensagem nos dias anteriores para comparecer ao lugar na data em que se celebra o Dia das Mães

Uma das contempladas foi a empresária Antônia Regina Bezerra Lima, grávida do segundo filho. O fato de estar se vacinando neste momento de espera pelo rebento é sinônimo de segurança e conforto. “É um presente e tanto, até porque, no ano passado, nessa mesma data, eu perdi a minha mãe para esse vírus”, explica, trazendo à memória Erivan Bezerra Lima, falecida aos 79 anos.

“É muito gratificante, não tem tamanho essa emoção.  A gente fica mais segura, até porque as pesquisas dizem que passamos a imunidade para o bebê. Espero que todas as outras mães também possam receber essa vacina. Só sabe a dor e a devastação que faz esse vírus quem já perdeu um ente querido, como eu já perdi”.
Antônia Regina Bezerra Lima
Empresária

Dose de esperança

Em semelhante movimento, a profissional liberal Lucikelly Calixto, proprietária de uma loja virtual e à espera do primeiro filho, também expressa o sentimento pelo aguardado instante. “Estava muito ansiosa para esse dia, como todos também estão. Sei que Deus vai reservar esse momento para todo mundo. Agora, apesar de ficar um pouco menos preocupada, temos que continuar com todos os cuidados, ficando em casa”, sublinha.

A jornalista Camila Rocha reforça o chamado. “Ninguém deve deixar de tomar a vacina. É o que a gente tem, é a nossa esperança, e eu tenho certeza de que vamos sair dessa e ter dias de abraços, carinhos e um dia das mães próximo de todo mundo”, vibra, ao exibir a volumosa barriga, próxima ao término da gestação. 

“Passei a gravidez inteira preocupada com essa pandemia, com a segunda onda. Então, para nós, é uma dose de esperança. É uma segurança a mais para a gente e para o nosso bebê”.
Camila Rocha
Jornalista

No aguardo do terceiro filho, Lázaro, a manicure Antônia Aline Sousa também foi só alegria ao receber a primeira dose da vacina. Ela conta que a previsão de nascimento do bebê deve ser para amanhã, o que reforçou a necessidade de receber o imunizante.

Legenda: Todas as convocadas receberam mensagem nos dias anteriores para comparecer ao lugar na data em que se celebra o Dia das Mães
Foto: André Costa

“Pensei que eu ia ganhar o neném hoje. Está marcada para amanhã a minha cesariana. É muito gratificante a gente ficar livre da Covid porque ficamos muito apreensivas, sem saber se vamos pegar ou não. Agora é uma ansiedade misturada com emoção”, dimensiona, da mesma forma que a professora Viviane Vale Cordeiro, sempre atenta para o dia da vacinação.

“Recebi a mensagem ontem, umas onze horas da noite, mas eu já tinha visto a lista de vacinação antes e sabia que a minha vez era hoje. É uma esperança em tempos tão difíceis. Eu desejo que todas as mães, e todas as pessoas, no geral, possam se vacinar, e que, enquanto ainda não chegue a sua vez, que continuem se cuidando”, orienta a educadora.

Paz ao coração

Por sua vez, a dentista Ravena Lopes salienta que o momento de imunização chegou para acalentar o espírito diante de tempos tão desafiadores. “Veio para acalmar o nosso coração. Eu sei que precisaremos continuar isolados, tomando todos os cuidados, mas, principalmente na gestação, a gente fica mais insegura, sensível, com mais medo, então os dias têm sido bem longos. Foi um presente de Dia das Mães ser vacinada hoje”, celebra.

Legenda: A iniciativa é capitaneada pela Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS) e deve imunizar até 2.504 gestantes
Foto: André Costa

Ela também conta que não acreditou ao receber a mensagem da Secretaria da Saúde de Fortaleza na noite de ontem (8), tamanha a ansiedade. “Era quase meia-noite quando chegou. Então hoje, que era o dia que eu ia acordar se arrumando pra fazer alguma programação com os filhos, já acordei pensando na vacina de modo a proteger o pequeninho que, graças a Deus, está vindo aí com muita saúde”, diz.

“Se Deus quiser, a gente passa essa fase de gestação mais protegida, com mais segurança por conta da vacina, e meu desejo é que ela venha para todos. Bate um sentimento de tristeza por quem não teve oportunidade de vacinar, mas fica o meu Feliz Dia das Mães para todas e a minha torcida para que cada uma consiga isso que eu consegui hoje: vacinar”.
Ravena Lopes
Dentista

Secretária da Saúde da Capital, Ana Estela Leite afirma que é com felicidade que a Prefeitura homenageia as mães com a ação realizada no dia dedicado a elas. Ela também chama a atenção para a necessidade do cuidado com os horários agendados, para que todas as convocadas possam, de fato, comparecer ao local de vacinação. 

“É extremamente importante que você que foi agendada não deixe de comparecer, pois esse grupo prioritário de gestantes tem sido acometido de forma muito grave pela Covid-19. Essa proteção que se inicia, então, é de extrema importância”, destaca. 

“Parabéns a todas às mães e, às novas mamães, não deixem de comparecer para receber a sua vacina”.
Ana Estela Leite
Secretária da Saúde de Fortaleza

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza