Defensoria realiza atividades para a campanha com ações relacionadas à violência contra mulheres

Ação faz referência à iniciativa da ONU, conduzida desde 1991 no mundo

Legenda: Ações que abordam questão da violência contra mulheres começaram no dia 20 de novembro e seguem até dia 10 de dezembro
Foto: Shutterstock

Uma série de atividades da campanha '21 Dias de Ativismo', que se iniciou no último dia 20 de novembro e segue até o dia 10 de dezembro em solo cearense, será realizada pela Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará (DPCE), com o intuito de discutir questões relacionadas à violência contra mulheres.

A ação faz referência à iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU), conduzida desde 1991 e chamada de '16 dias de ativismo', marcados pelo Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher. No Brasil, a campanha ganhou mais 5 dias para destacar a dupla discriminação vivida pelas mulheres negras.

Enquanto no resto do mundo a data de início é de 25 de novembro, por aqui ela começa antes e passa também por datas como Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. O encerramento fica por conta do Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Ações em Fortaleza

O Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Nudem), com sedes em Fortaleza e na região do Cariri, será um dos parceiros na campanha “Voz para Todas - Nós e a Lei Maria da Penha pelo fim da violência contra as mulheres”, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

As atividades da campanha, inclusive, uma ação educativa em direitos deve ser realizado nesta sexta-feira (26), na sede da Associação do Conjunto Palmeiras, a partir das 13h.

Além do local, uma unidade móvel do SINE IDT estará presente para encaminhar todas as demandas relacionadas a oportunidades de emprego e renda para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados