Campanha de vacinação contra gripe gera reclamação na Capital e RMF

A vacinação contra a Influenza teve início nessa segunda-feira (24) com foco nos idosos

Legenda: Longas filas e aglomeração foram algumas das reclamações dos moradores

Moradores de Fortaleza e de Caucaia, na Região Metropolitana, reclamaram do atendimento da campanha de vacinação da Influenza que teve início no sábado (21). Longas filas e situações de exposição ao novo coronavírus foram algumas das queixas relatadas pelas pessoas que estiveram em pontos de vacinação.

A professora Rosineide Araújo, por exemplo, levou o pai de 82 anos e a mãe de 76 para se vacinar na Escola Dom Aloisio Lorscheider, no Bairro Nova Metrópole, em Caucaia. Além da aglomeração no local, ela ressaltou a espera de mais de uma hora para que os pais fossem atendidos. "Achei um grande descaso na escola porque marcaram (o início da vacinação) para 8h, chegamos 7h50 e vieram atender só mais de 8h30. Não tinha ninguém organizando (as filas), os senhores todos próximos uns dos outros, no meio do sol e sem cadeira para sentar". Outros reclamaram que estava faltando vacina no local.  

Em nota, a Secretaria da Saúde de Caucaia afirmou que “500 doses da vacina contra a gripe foram aplicadas nesta terça-feira (24) no posto de vacinação itinerante montado na Escola Dom Aloísio Lorscheider, na Nova Metrópole”. Além disso, um cronograma por faixa etária foi feito para evitar aglomerações.  

Mecânico aposentado, Milton Batista, de 65 anos, procurou outra escola do Bairro Nova Metrópole para se vacinar, a EEIEF Francisca Alves do Amaral. Segundo ele, a vacinação no local não começou às 8 horas, conforme o previsto, mas somente por volta das 8h40. No local, entretanto, foi possível visualizar cadeiras distantes umas das outras para acomodar os idosos. De acordo com o aposentado, a equipe de saúde ainda informou que não haverá vacinação nesta quarta-feira (25), devido ao feriado da Data Magna do Ceará.

Capital 

Gleicemeire Gomes acompanhou o pai de 76 anos com quadro de tuberculose para a vacinação no Posto de Saúde Alarico Leite, no Passaré. Lá, foram orientados a ir para a EMEF Valdenia Acelino da Silva, no Siqueira, onde conseguiram atendimento após uma grande fila de espera. “Ficou esperando pelo menos uma hora em pé em uma quadra quente”.  

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou, por meio de nota, “que todas as unidades divulgadas no canal oficial da Prefeitura de Fortaleza estão realizando a vacinação como previsto”. Para evitar as aglomerações, a SMS ressalta que o atendimento é feito por 113 postos de saúde, 200 escolas, shoppings (Iguatemi, Rio Mar Kennedy e Papicu, North Shopping Bezerra de Menezes e Jóquei) e estacionamento da Unifor.  

Lista de postos em Fortaleza

Lista de escolas em Fortaleza 

Confira as datas de vacinação a partir da faixa etária, em Caucaia: 

- Idosos com 80 anos e mais: vacinação será domiciliar durante todo o período da campanha. 
- Idosos com idade entre 75 a 79 anos: de 24 de março a 22 de maio. 
- Idosos com idade entre 70 a 74 anos: de 01 de abril a 22 de maio. 
- Idosos com idade entre 65 a 69 anos: de 08 de abril a 22 de maio. 
- Idoso com idades entre 60 a 64 anos: de 16 de abril a 22 de maio.