Taticamente perfeito, Ceará vence o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã

Vozão faz bela partida no Maracanã e volta a vencer o Flamengo, subindo na tabela da Série A

Legenda: Vina marcou um belo gol para o Ceará no 1ª tempo, encaminhando a vitória no Maracanã
Foto: FAUSTO PORTELA / CEARASC.COM

O Ceará conquistou uma vitória gigante pela Série A do Campeonato Brasileiro. O Vozão bateu o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã, gols de Vina e Kelvyn, subindo para 9º lugar na Série A com 39 pontos e ganhando força na luta por uma vaga na Libertadores.

Com o resultado, o Vovô já alcançou a pontuação de 2019, com 9 rodadas a menos a disputar, mostrando grande evolução de um ano para o outro na Série A, sem correr mais riscos de rebaixamento.

O Vovô soube desde o início encaixar seu jogo diante do Flamengo, cada vez mais pressionado pelas atuações abaixo e sem alcançar o líder São Paulo.

Com uma estratégia perfeita, o Ceará marcou muito bem o Flamengo e achou espaços para contra-atacar. Com a marcação encaixada e intensidade muito acima do adversário, o Vovô não demorou para ter as melhores chances do jogo e logo aos 12 minutos, abriu o placar: Lima inverteu jogo para Léo Chú, que deu passe perfeito rasteiro para Vina. O meia do Vovô bateu forte, sem chance para César: 1 a 0 para o Vozão.

Com duas linhas de 4 bem definidas na defesa e com Vina e Cléber mais soltos, o Vovô conseguia sair bem para o jogo. Em outra investida, Léo Chú entrou na área mas foi desarmado antes de finalizar.

Enclausurado na marcação alvinegra, o Flamengo foi criar apenas aos 26 minutos: em tabela com Pedro, Arrascaeta finalizou de dentro da área para defesa de Richard.

A partir daí o Flamengo intensificou a pressão, embora desordenada, sem deixar o Ceará sem saída de jogo.

Foi quando finalmente, aos 42 minutos, o Alvinegro encaixou outro contra-ataque e quase faz o segundo, com Cléber servindo Vina, que bateu para fora.

No 2º tempo, o Ceará voltou com a mesma proposta de se defender e sair nos contra-ataques para decidir o jogo. 

Mas diferente do 1º tempo, quando atacou com qualidade, na etapa final a equipe recuou demais e sofreu muita pressão.

Desde o início o Flamengo teve mais espaços na intermediária para pensar o jogo, escolher a melhor jogada e tentar finalizar. Os espaços foram muitos, com Arrascaeta, Gerson, Everton Ribeiro circulando a bola, mas a defesa alvinegra estava muito bem e tirava todas.

Quando não acontecia, Richard salvava: aos 23 minutos, Arrascaeta achou Isla no meio, que tocou para Pedro finalizar, para grande defesa de Richard.

Com a pressão rubro-negra, Guto Ferreira fez mudanças, com Charles, William Oliveira, Kelvin e Saulo, deixando a equipe mais encorpada para se defender e contra-atacar.

E aos 44 minutos, a chance de definir o jogo apareceu e o Vovô não desperdiçou. Após belo contra-ataque, Kelvin recebeu na esquerda e bateu no canto para marcar o segundo gol.

Foi o gol da vitória, de uma equipe que desde o inicio soube ler a partida e utilizar a melhor estratégia para superar um grande adversário e continuar sonhando alto na Série A: futebol o Vovô tem de sobra para isso.

Ficha técnica:

Campeonato Brasileiro - Série A Maracanã, no Rio de Janeiro 
10 de janeiro de 2021 

Flamengo 0
César; Isla (Vitinho), Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Diego) e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro (Gabigol), Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Rogério Ceni 

Ceará 2 
Richard; Eduardo, Tiago (Klaus), Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Fabinho (Kelvyn), Fernando Sobral, Vina, Lima (Charles); Léo Chu (Saulo Mineiro) e Cléber (William Oliveira). Técnico: Guto Ferreira

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR); Gols: Vina e Kelvyn (Ceará); Cartões amarelos: Gustavo Henrique e Gerson (Flamengo); Richard (Ceará).

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte