Marcelo Paz fala sobre ausência de Boeck nos jogos do Fortaleza: "É uma questão técnica"

Presidente reforçou que as decisões sobre o elenco são tomadas pelo técnico Rogério Ceni

Legenda: Boeck soma 115 partidas com a camisa do Fortaleza
Foto: divulgação / Fortaleza

Em entrevista ao programa Debate Jogada, nesta terça-feira (15), o presidente Marcelo Paz falou sobre a ausência do goleiro Boeck nos jogos do Fortaleza. Ídolo da torcida, o atleta participou de apenas uma partida na temporada de 2020. Para o dirigente, as decisões do elenco são técnicas e de Rogério Ceni.

"É uma questão técnica, de escolha técnica do Rogério. Não me cabe e nunca fiz isso nem com Boeck, nem com outros jogadores. 'Por que fulano não foi convocado? Por que fulano não jogou?'. Quando a gente tem um técnico como o Rogério, isso é conceito meu, a gente tem que trabalhar com pessoas melhores que a gente. E o Rogério entende mais de futebol que eu. Quando a gente confia na pessoa, tem que confiar nas decisões que são tomadas. Se a decisão é essa, tem que entender, olhar para frente. O  Fortaleza é maior que o presidente, que o Rogério Ceni e qualquer jogador", afirmou.

No Fortaleza desde 2017, sendo peça importante no acesso do clube à Série B, Boeck foi titular na campanha do título nacional de 2018, mas perdeu espaço após a chegada de Felipe Alves no ano passado - ao todo, soma 115 partidas pelo clube e tem contrato encerrado em dezembro. Paz explicou que não há questão pessoal entre o jogador e Ceni, e que muitos atletas também estiveram na reserva sob o comando do técnico.

"Cabe a ele (Ceni) selecionar, aprovar a contratação e relacionar para jogos. Ele em liberdade para fazer isso. A torcida cobra a presença do Boeck, mas eu tenho que respeitar a decisão do treinador, que está no dia a dia, que toma decisões, e as decisões são profissionais, são as melhores para o Fortaleza dentro de entendimento dele, não é questão pessoal, mas profissional. O Wellington fica no banco, o Osvaldo, o Quintero, é uma situação que ocorre com outros jogadores", afirmou.

Confira entrevista com Marcelo Paz

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?