Lisca deixa comando técnico do América-MG

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (14)

Lisca com semblante sério pelo América-MG
Legenda: Lisca deixou o América-MG após sete jogos sem vitória no comando do clube em 2021
Foto: divulgação / América-MG

O técnico Lisca pediu demissão do América-MG. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (14) em comum acordo com o clube.

Segundo o ge, o treinador não estava satisfeito com a sequência de sete partidas sem vitória na temporada de 2021, além da falta de investimentos. O profissional perdeu peças importantes do elenco, como a transferência do zagueiro Messias ao Ceará, e não teve reposição para a disputa da Série A do Brasileiro.

Lisca no Ceará?

Como tem acontecido logo que Lisca fica sem clube é o seu nome ser especulado no Ceará. No entanto, apesar de pressionado, Guto Ferreira segue no cargo. Além disso, setores da torcida alvinegra não aprovam o nome do treinador,.

Outras mudanças

A expectativa é que o auxiliar técnico Márcio Hahn e o diretor de futebol, Armando Desessards, que deixou o Vovô para assumir o cargo em fevereiro, sejam desligados. Lisca estava no função desde 30 de janeiro de 2020, com histórico de 81 jogos: 40 vitórias, 27 empates e 14 derrotas (aproveitamento de 60,4%).

No último ano, o técnico conseguiu deixar o América-MG na semifinal da Copa do Brasil e conquistou o acesso à elite nacional. No Brasileirão, o clube ocupa a lanterna com derrotas para Athleitco-PR (1x0), Corinthians (0x1) e Flamengo (2x0).

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte