Com saída de Lisca do América-MG, Guto Ferreira, do Ceará, é o treinador mais longevo da Série A

Apesar do trabalho de longo prazo, Guto passa pelo momento de maior dificuldade no comando do Ceará e está pressionado no cargo

Lisca com a bola e Guto tenso
Legenda: Lisca saiu do América-MG e Guto Ferreira está pressionado no Ceará
Foto: Mourão Panda-América / Thiago Gadelha-SVM

Lisca não é mais treinador do América-MG. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (14), após um período de sete partidas sem vitórias. Com isso, o técnico Guto Ferreira, do Ceará, passa a ser o treinador mais longevo entre os 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro.

Lisca estava no cargo do time mineiro há 16 meses, desde 30 de janeiro de 2020, acumulando no período, em 81 jogos, 40 vitórias, 27 empates e 14 derrotas.

O Gordiola está no Vovô desde o dia 18 de março de 2020, e completará exatos 15 meses nesta sexta-feira (18), o correspondente a um ano e três meses.

Porém, mesmo com o longo período que tem no comando do Ceará, Guto passa por momento de oscilação. Pressionado por conta das recentes perdas de títulos (Copa do Nordeste e Campeonato Cearense) e eliminações (Copa Sul-Americana e Copa do Brasil) o técnico vê crescer a responsabilidade de conquistar bons resultados o mais rápido possível para seguir no clube.

O Ceará volta a campo nesta quinta-feira (17), para enfrentar o Bahia, às 16 horas, na Arena Castelão, pela 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte