Globo recorrerá para exibir reportagem completa sobre ex-empresário do 'Luva de Pedreiro'

Após liminar, entrevista com o influencer e a família dele não pôde ser exibida na noite deste domingo (3), além de informações inéditas sobre o caso

Print
Legenda: O ex-jogado de futsal Falcão, atual de Iran Ferreira, o "Luva de Pedreiro", disse que querem "calar" o influencer
Foto: Reprodução

A TV Globo informou que vai recorrer da decisão judicial que vetou trechos da reportagem que descortinaria os detalhes sobre a polêmica envolvendo o ex-empresário do influenciador Iran Ferreira, o "Luva de Pedreiro". A entrevista seria exibida, neste domingo (03), no Fantástico.

A informação foi anunciada pela apresentadora Poliana Abritta, antes de exibir a matéria editada. Para cumprir a liminar, a reportagem se limitou a mostrar a trajetória do jovem e a explicar o imbróglio.

O material completo incluía entrevista com o influencer e a família dele, além de detalhes inéditos sobre o caso.

  

Uma entrevista concedida à TV Record, que seria exibida integralmente neste domingo, também teve trechos vetados. Nas redes sociais, Iran comentou a situação. 

"Aí, minha tropa, agora foi o que deu: estão tentando calar minha boca, de falar a verdade. Quem sentiu foi eu, quem sofreu eu. Entraram com uma liminar aí, que não é para passar a entrevista falando sobre um assunto que todo mundo sabe, na Globo e na Record", disse, nos stories.

"Não vai passar mais não. Estão tentando me calar a boca. Quem tá com medo é porque deve. Mas é assim, mesmo: estão tentando me calar. É embaçado, galera. Estou indignado", completou Iran. 

Entenda o caso

O jovem baiano Luva de Pedreiro, fenômeno do Instagram com vídeos jogando bola e fazendo gols com maestria, surpreendeu a todos quando fez uma transmissão ao vivo para anunciar que ia parar de gravar vídeos por se sentir cansado e pressionado.

Dias antes, o influenciador Casimiro também postou um vídeo criticando o empresário de Luva.

Essa sua declaração foi o pontapé inicial para as atenções de todos se virarem para o seu empresário, Allan de Jesus. Nos últimos dias, o jornalista Léo Dias divulgou materiais contando os bastidores do vínculo do influenciador e seu ex-empresário. 

Foi revelado que o jovem tinha apenas R$ 7.500 na conta bancária, mesmo sendo um sucesso nas redes sociais. Foi divulgado, ainda, que a ruptura de contrato com o agente dependia de multa milionária.

O valor é próximo de R$ 5,2 milhões junto da ASJ Consultoria. Logo, apesar de não conseguir uma renda proporcional à fama no Instagram (16,9 milhões) e Tik Tok (14,3 milhões), o jovem de 20 anos precisa de uma alta quantia para alterar os gestores responsáveis pela carreira.

Em sua defesa, Allan de Jesus se manifestou sobre o caso pela primeira vez na última quarta-feira (22). Ele disse que seu contrato com Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, vale até 2026. Allan informou ainda que a empresa dele, a ASJ Consultoria, não tinha recebido qualquer comunicado sobre uma tentativa de rescisão.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados