Luva de Pedreiro e empresário: entenda a polêmica e o que aconteceu até agora

Debate entre Luva de Pedreiro e seu empresário surgiu após revelação de que jovem não lucrou nada com a fama

iran , o luva de pedreiro
Legenda: Jovem é um sucesso no Instagram com mais de 14 milhões de seguidores
Foto: Henrique Arcoverde/Divulgação

Uma das figuras mais carismáticas que surgiu nos últimos tempos nas redes sociais esteve envolvida na última semana em um turbilhão de polêmicas e revelações. O jovem baiano Luva de Pedreiro, fenômeno do Instagram com vídeos jogando bola e fazendo gols com maestria, surpreende a todos quando fez uma Live anunciando que ia parar de gravar vídeos por se sentir cansado e pressionado. 

Essa sua declaração foi o pontapé inicial para as atenções de todos se virarem para o seu empresário, Allan de Jesus. Nos últimos dias, o jornalista Léo Dias divulgou materiais contando os bastidores do vínculo do influenciador e seu ex-empresário. 

Mesmo com todo o sucesso, propagandas e publicidades, o Luva de Pedreiro permanece morando no interior da Bahia, em Quijingue. Além disso, o jovem soma, em suas duas contas bancárias, apenas R$ 7,5 mil.

Casa sem reforma

Desde que apareceu para o mundo, Iran Ferreira, o Luva, sempre disse que sonhava em ter uma moradia digna. Porém, mesmo depois de inúmeras ações de marketing, o jovem segue morando em uma casa sem luxo algum e em condições precárias. A residência apresenta panos utilizados nos quartos como portas, além de muitos espaços apenas rebocados, sem pintura.

Multa milionária

O conflito entre o influenciador Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, e o empresário Allan Jesus ganhou mais um capítulo polêmico. Após a revelação de que o jovem tinha apenas R$ 7.500 na conta bancária, mesmo sendo um sucesso nas redes sociais, foi divulgado que a ruptura de contrato com o agente dependia de multa milionária, segundo o colunista Léo Dias, do Metrópole.

O valor é próximo de R$ 5,2 milhões junto da ASJ Consultoria. Logo, apesar de não conseguir uma renda proporcional à fama no Instagram (16,9 milhões) e Tik Tok (14,3 milhões), o jovem de 20 anos precisa de uma alta quantia para alterar os gestores responsáveis pela carreira.

Em sua defesa, Allan de Jesus se manifestou sobre o caso pela primeira vez na última quarta-feira (22). Ele disse que seu contrato com Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, vale até 2026. Allan informou ainda que a empresa dele, a ASJ Consultoria, não tinha recebido qualquer comunicado sobre uma tentativa de rescisão.

Sem declaração oficial

Mesmo após as inúmeras reportagens, nenhum veículo de notícias conseguiu ouvir o que o Luva de Pedreiro tem para falar sobre o caso. Uma pronunciamento do jovem é aguardado para a próxima semana. Enquanto isso, o fãs do Luva torcem para que toda essa polêmica se resolva e ele volta com alegria a dizer seus bordões:  "Siiii", "Receba" e "Graças a Deus Pai".

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte