Evandro Leitão pede afastamento da presidência do Conselho Deliberativo do Ceará

Solicitação de licença foi por 90 dias para a resolução de problemas pessoais

Legenda: Evandro Leitão trabalhou como presidente do Ceará Sporting Club entre 2008 e 2015
Foto: Foto: Rodrigo Gadelha / SVM

Ex-presidente do Ceará, Evandro Leitão pediu afastamento da presidência do Conselho Deliberativo do clube. O Diário do Nordeste apurou que o pedido de licença foi por 90 dias para a resolução de problemas pessoais.

O cargo foi concedido ao dirigente em dezembro de 2018, após Humberto Aragão, então presidente do Conselho, desistir de concorrer a reeleição. O mandato se estende até o fim de 2022. Durante o período de ausência, o 1º vice-presidente Castelo Camurça assume provisoriamente a função.

Atualmente, Evandro Leitão atua como deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT-CE). Também foi eleito como 1º Secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para o biênio 2019-2020 e preside o Conselho Consultivo do Fundo de Financiamento às Micro, Pequenas e Médias Empresas do Estado do Ceará (FCE); do Conselho de Administração do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho do Estado do Ceará (IDT); do Conselho Cearense do Artesanato e da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional do Ceará (CAISAN).

Trabalhou como presidente do Ceará Sporting Club entre 2008 e 2015. À frente do Alvinegro de Porangabuçu, conquistou uma Copa do Nordeste, quatro vezes o Campeonato Cearense, um acesso para a Série A do Brasileiro e uma classificação inédita para a Copa Sul-Americana.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte