Com boa atuação na Libertadores, Marcelo Boeck se credencia a reassumir titularidade no Fortaleza

Ídolo da torcida, o camisa 1 teve grande atuação contra o Colo Colo

Boeck defende bola em jogo do Fortaleza
Legenda: Goleiro Marcelo Boeck foi o titular no jogo contra o Colo-Colo
Foto: Conmebol

A escolha do goleiro titular do Fortaleza tem sido um dilema para o técnico Juan Pablo Vojvoda. Fernando Miguel iniciou o ano, depois Max Walef ganhou a vaga e, agora, parece que o momento é de Marcelo Boeck, que se credencia a assumir titularidade no Tricolor.

Em momento que Max falhou recentemente, o experiente arqueiro de 37 anos foi o escolhido para o jogo decisivo no Chile. O camisa 1 leonino foi peça importantíssima na vitória por 4 a 3 sobre o Colo Colo, na última quarta-feira (25), em jogo que garantiu a histórica classificação às oitavas de final da Copa Libertadores.

Bastante exigido, ele realizou 12 defesas no jogo e teve intervenções providenciais para assegurar o resultado.

Ao fim do jogo, Boeck celebrou bastante a classificação. "Mais uma promessa. Passamos de fase. Um gigante entre os gigantes", disse.

Ídolo da torcida, identificado com o clube, líder do elenco e com atuação em alto nível na Libertadores, Boeck é o nome da vez para o gol leonino.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte