Fortaleza vence Colo-Colo no Chile e se garante nas oitavas de final da Libertadores

Partida é decisiva e vale vaga nas oitavas de final da competição

Legenda: Com um início de primeiro tempo avassalador, o Fortaleza vai vendendo o Colo-Colo por 2 a 0
Foto: AFP

O Fortaleza está classificado às oitavas de final da Libertadores de 2022. Em Santiago, no Chile, o time cearense venceu por 4 a 3 com o Colo-Colo, nesta quarta-feira (25), e garantiu a 2ª posição do Grupo F, conquistando a vaga ao mata-mata na 1ª participação do futebol cearense na competição.

Os gols da classificação foram anotados por Moisés, duas vezes, Silvio Romero e Pikahcu. O Colo-Colo diminuiu com Gil e contou com dois lances contras de Brayan Ceballos, decretando o placar de 4 a 3 em prol da equipe leonina.

Na tabela, a equipe somou 10 pontos. O outro classificado foi o River Plate-ARG, com 16. Na 3ª colocação, com sete, o Colo-Colo ganhou direito de participar das oitavas de final da Sul-Americana. O Alianza Lima-PER ficou na lanterna, com um.

O próximo adversário dos comandados do argentino Juan Pablo Vojvoda será definido via sorteio da Conmebol. O evento está marcado para sexta (28), com início às 13h. Vale ressaltar que o regulamento do torneio prevê que times do mesmo país podem se enfrentar na eliminatória.

Colo-Colo 3x4 Fortaleza | saiba como foi o jogo

0-15m do 1°T: O Fortaleza iniciou a partida com pressão alta e logo abriu o placar, aos 6. Moisés arrancou e achou Silvio Romero, que finalizou firme sem chances: 1x0. Com placar adverso, o Colo-Colo se lançou ao ataque e criou a grande chance através de chute de Gil, para grande defesa de Boeck.

15-30m do 1°T: Em contra-ataque, o Leão teve a chance de ampliar com Moisés, mas o atacante parou em defesa de Cortés. Assim, o time cearense manteve postura reatia e tentou a transição rápida. Aos 25, a jogada se repetiu, agora aproveitada pelo atacante leonino, que ampliou em Santiago: 2x0.

30-45m do 1°T: o Colo-Colo adiantou as linhas deu trabalho para o Fortaleza. Com grande volume e pressionando, os donos da casa diminuíram aos 45, com Lucero desviando chute cruzado de Solari: 2x1. Os chilenos terminaram o jogo melhor, enquanto o Fortaleza ficou resistindo após os dois gols favoráveis.

Intervalo

0-15m do 2°T: o Colo-Colo voltou do intervalo com alta intensidade e encurralou o Fortaleza, mas não conseguiu novo gol. Aos 5, a situação ficou mais difícil após expulsão de Rojas. O lateral-direito impediu contra-ataque de Moisés. E o atacante marcou mais um, em transição rápida com passe de Silvio Romero: 3x1. Dono do jogo, o Leão manteve o ritmo e ainda marcou mais um, com Pikachu, em novo contra-ataque: 4x1.

15-30m do 2°T: o Fortaleza manteve a intensidade e, em novo contra-ataque, marcou de novo, dessa com Pikachu: 4x1. O Colo-Colo não desistiu e diminuiu após um escanteio. Na bola aérea, Ceballos desviou contra a própria meta de novo: 4x2. Apesar disso, o Leão buscou controlar mais a posse de bola.

30-45m do 2°T: na reta final, o Colo-Colo mostrou força e conseguiu uma reação. Aos 34, Gil aproveitou cabeçada de Lucero e marcou mais um: 4x3. No ambiente de drama, o Fortaleza se sustentou e resistiu à pressão para ficar com a vaga.

FICHA TÉCNICA | Colo Colo x Fortaleza

  • Copa Libertadores - 6ª rodada.
  • Local: Estádio Monumental de Santiago, em Santiago (CHI).
  • Data/Horário: 24 de maio de 2022, às 19 horas (de Brasília).
  • Gols: Silvio Romero e Moisés (2x) para o Fortaleza; Brayan Cebalos (2x) contra e Gil para o Colo-Colo..
  • Cartão vermelho: Gabriel Suazo (Colo-Colo).
  • Cartões amarelos: Falcón, Suazo e Gutiérrez (Colo-Colo); Ceballos, Felipe, Zé Welison, Lucas Lima e Robson (Fortaleza).
  • Árbitro: Esteban Ostojich (URU).
  • Assistentes: Carlos Barreiro (URU) e Pablo Llarena (URU).
  • Quarto Árbitro: Andrés Cunha (URU).

> Veja outros jogos de hoje, quarta (25).

ESCALAÇÕES

Colo Colo-CHI: Brayan Cortés; Rojas, Maximiliano Falcón, Emiliano Amor e Gabriel Suazo (Vicente Pizarro). César Fuentes (Gutiérrez), Pavez, Solari e Leonardo Gil (Bolados); Gabriel Costa e Lucero. Técnico: Gustavo Quinteros.

Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Titi e Ceballos; Pikachu, Felipe (Jussa), Hércules (Zé Welison), Lucas Crispim (J. Capixaba) e Lucas Lima; Moisés (Depietri) e Silvio Romero (Robson). Técnico: Vojvoda.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte