Ceará joga bem, mas empata com Athletico por falta de efetividade

Alvinegro teve atuação superior ao time paranaense e foi a equipe que chegou mais perto da vitória. Entretanto, não aproveita as oportunidades e acumula a quarta partida sem vitória na Série A do Campeonato Brasileiro, ligando alerta

Ceará foi melhor que o Athletico na Arena
Legenda: Ceará foi melhor que o Athletico na Arena
Foto: Foto: Reinaldo Reginato/FotoArena/Estadão Conteúdo

Enfrentar o Athletico-PR, na Arena da Baixada, é sempre complicado. Somar um ponto em Curitiba não pode ser considerado mau resultado, mas o empate em 0 a 0, pelo que foi o jogo de ontem, acabou deixando o Ceará com uma sensação de lamentação. Se teve um time que chegou mais perto da vitória, foi o Alvinegro.

Ouça o CearáCast

Powered by RedCircle

Mesmo atuando fora de casa, a equipe do técnico Guto Ferreira fez atuação segura, com um jogo correto defensivamente. Salvo três chegadas com chutes para fora, o Furacão não ameaçou com grande perigo. Fernando Prass não fez uma defesa difícil sequer.

O Athletico não conseguiu criar chances claras e nem atacar pelos lados, que é uma característica muito forte do time paranaense. Fruto da marcação organizada e intensa do Vovô. Com Fernando Sobral mais centralizado, formando um tripé com Ricardinho e Fabinho, o time teve mais sustentação defensiva.

Por outro lado, perdeu uma importante válvula de escape para as transições ofensivas. Faltava mais velocidade nos contra-ataques e profundidade ofensiva para chegar mais na área e finalizar.

Tanto que, no primeiro tempo, as melhores chances vieram em finalizações de média/longa distância. Na melhor delas, Ricardinho pegou bem e obrigou Jandrei a se esforçar todo, a bola ainda carimbou a trave antes de sair.

Após uma queda no ritmo de jogo, que fez a partida ficar morna, a segunda etapa ganhou lampejos de emoção com duas chegadas muito perigosas do time cearense. Na primeira delas, a chance mais clara de gol no jogo, após cobrança de escanteio, Luiz Otávio desviou e Abner Vinícius tirou literalmente em cima da linha, com a bola ainda resvalando na trave.

Na sequência, Mateus Gonçalves puxou contra-ataque em velocidade e saiu de cara com Jandrei, finalizando forte, mas o goleiro adversário fez grande defesa.

Faltou o detalhe

Mais uma vez, o torcedor fica com a sensação de que o time não fez má partida, jogou melhor que o adversário, inclusive, mas deixou de conquistar o resultado positivo por conta de um detalhe. Quando não são falhas defensivas, os erros ofensivos, sobretudo a falta de efetividade, acabam custando pontos preciosos na tabela.

Jejum

O Ceará chegou ao quarto jogo seguido sem vitória na Série A do Campeonato Brasileiro, acumulando duas derrotas e dois empates neste período.

Tabela

O Alvinegro chegou aos 15 pontos e termina a 14ª rodada na 14ª posição. A pontuação, entretanto, é a mesma do Botafogo, 17º colocado e primeiro time na zona de rebaixamento. O Furacão, com a mesma pontuação, está em 12º.

O Ceará volta a campo no domingo (11), para enfrentar o Corinthians, na Arena Castelão, às 20h30min.

Em boa atuação, Alvinegro teve as melhores oportunidades para vencer o jogo contra o Athletico-PR. Entretanto, empate em 0 a 0 faz o time se manter fora do Z-4, mas sinal de alerta fica ligado.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte