Análise: Vitória do Ceará sobre o Coritiba mostra poder de reação

Alvinegro saiu atrás no placar, mas Vina e Eduardo marcam em virada para 2 a 1, garantindo triunfo essencial que deixa a equipe no Top-10 do Campeonato Brasileiro. Agora, já são quatro partidas sem perder na competição

Legenda: Jogadores do Ceará comemoram gol decisivo no segundo tempo
Foto: Thiago Gadelha

A caminhada do Ceará no Campeonato Brasileiro tem sido de vitórias sofridas e derrotas doídas. Ou empates, como foi contra Goiás e Fluminense, levando gol no fim. Ontem, porém, o Alvinegro conseguiu segurar o placar e garantiu um resultado importantíssimo ao vencer o Coritiba por 2 a 1, na Arena Castelão.
O confronto direto era daqueles jogos em que, mais que jogar bem, o essencial era vencer. A atuação não foi brilhante, longe disso, mas sem dúvidas o torcedor ficou satisfeito por ver a equipe chegar aos 22 pontos e passar a integrar o Top-10 da classificação da Série A do Brasileiro, com o detalhe que tem um jogo a menos que os adversários.

Além disso, chega a quatro jogos de invencibilidade na competição, com duas vitórias e dois empates, acumulando oito de 12 pontos disputados neste período e garantindo mais confiança para a sequência da competição.

Poder de reação

Este é um importante aspecto a se destacar na vitória sobre o Coritiba. O Ceará, mais uma vez, saiu atrás do placar e conseguiu reagir no jogo.
Já havia sido assim nas recentes vitórias por 2 a 1 sobre o Corinthians, pela Série A, e por 5 a 1 sobre o Brusque, pela Copa do Brasil, em jogos também na Arena Castelão e com triunfos de virada.

O mesmo ocorreu contra Goiás e Fluminense. Após sair atrás no marcador, o Vovô reagiu e tomou a frente do placar. Entretanto, nestas duas partidas, acabou sofrendo gols no fim e ficou no empate - 2 a 2 em ambas.

Ouça o CearáCast sobre o jogo

Powered by RedCircle

Sistema defensivo

Engana-se quem pensa que o resultado foi obtido com tranquilidade. Logo aos dois minutos, Eduardo Brock falhou feio e deu a bola nos pés de Rodrigo Muniz, que abriu o placar para o Coxa.

O lance é preocupante. Tem sido assustadora a quantidade de erros individuais do sistema defensivo do Ceará em 2020. Praticamente toda partida alguém falha e acaba comprometendo o plano de jogo, fazendo com que a equipe tenha que se desdobrar em busca do resultado positivo.
O pior é que este não foi um fato isolado. Depois da virada, o Coritiba teve boas chances para empatar, e acabou parando na falta de pontaria e no goleiro Fernando Prass, que apesar de algumas saídas equivocadas do gol, fez defesas importantes para garantir o triunfo.

Legenda: Eduardo e Charles comemoram o segundo gol alvinegro
Foto: Thiago Gadelha

Os caras decisivos

Quando a situação está difícil, é só chamar Vina que ele resolve. Sempre decisivo, o Camisa 29 foi novamente a principal peça no ataque do Vovô.
Aos sete minutos de jogo, marcou o gol de empate, o 14º dele na temporada, aproveitando ótima assistência de Léo Chú, que fez toda a jogada individual pela esquerda, mostrando mais uma vez que é o titular da posição e também a diferença que faz em ter um ponta que consegue defender, atacar e participar na construção ofensiva.

Legenda: Eduardo marcou gol da vitória do Ceará sobre o Coritiba na Arena Castelão
Foto: Thiago Gadelha

Artilheiro do Vovô no ano, Vina criou as principais chances ofensivas do time, mas ele não foi o único.

O lateral-direito Eduardo, que teve a difícil missão de substituir Samuel Xavier, fez mais uma boa partida, como já havia realizado contra o Fortaleza, na última quarta-feira, apresentando solidez defensiva e apoiando muito o ataque.

Na primeira etapa, quase vira o jogo, em chute cruzado que desviou em Cléber e tocou na trave. Mas, no segundo tempo, ele acertou o pé.
Boa jogada de Fernando Sobral pela direita, cruzamento para Cléber que cabeceou no travessão e Eduardo encheu o pé para decretar o placar final da peleja, naquele que foi o primeiro gol dele com a camisa alvinegra na temporada.

Vira a chave

Agora, o Ceará volta as atenções para outra disputa, a Copa do Brasil. Na quarta-feira (28), o Vovô encara o Santos, às 16 horas, na Vila Belmiro, na partida de ida das oitavas de final da competição. Jogo da volta será quarta seguinte.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte