Mais da metade das vagas do Mais Médicos no Ceará está ociosa

Das 1.700 funções ofertadas no Estado pelo Governo Federal, pelo menos 960 estão desocupadas. Sem assistência médica aos moradores de localidades mais isoladas, o quadro preocupa gestores municipais