STF determina que Justiça Eleitoral pode julgar crime comum

Por 6 votos a 5, a Suprema Corte entendeu que os tribunais federais estão aptos a julgar crimes como corrupção e lavagem de dinheiro que lhes forem conexos