Bolsonaro cobra do Congresso votações, mas nega incitar ataque ao Legislativo

Nesta quinta (27), Bolsonaro negou que esteja criando um ambiente público contra os demais Poderes, mas enumerou uma série de medidas do governo que, segundo ele, não avançam no Congresso