Policial militar da Paraíba é preso após importunar sexualmente jovem no Ceará; veja vídeo

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o cabo encosta a virilha na vítima

Escrito por Carol Melo, carolina.melo@svm.com.br

Segurança
Cabo da Polícia militar paraibana importuna sexualmente jovem de 19 anos
Legenda: Agente estava a paisana no momento da ação
Foto: reprodução

Um cabo da Polícia Militar paraibana foi preso suspeito importunar sexualmente uma mulher, de 19 anos, ao encostar a virilha nela, na última sexta-feira (25), em um supermercado em Mauriti, a 490 quilômetros de Fortaleza. A Justiça concedeu a liberdade provisória dele, que retornou ao estado de origem.

Câmeras de segurança do local flagraram a ação. Nas imagens é possível observar o agente de segurança à paisana se aproximar da vítima, que está acompanhada de outra mulher e confere alguns itens em uma prateleira. Ao passar por elas, ele encosta a parte íntima na jovem, que se surpreende com a abordagem. 

Em seguida, o homem continua a caminhada e, por um momento, sai do campo de visão da câmera, mas retorna, pega um produto, fala algo com a vítima e saí do estabelecimento. Não é possível identificar o que foi dito pelo cabo. 

Suspeito foi solto

Segundo a Polícia Militar do Ceará, foi concedido pela Justiça a liberdade provisória para o cabo, que já se encontra na Paraíba. 

Na sexta-feira, conforme a corporação, uma equipe do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) foi informada sobre o caso e agentes realizaram diligências no intuito de localizar o suspeito. O PM, que não teve a identidade revelada, foi capturado em frente a uma agência bancária na rua Henrique Alencar, no Centro da cidade.

Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo, onde foi feita a autuação do suspeito com base no artigo 215-A do Código Penal, que caracteriza o crime de importunação sexual. Se condenado pelo, ele pode pegar de um a cinco anos de reclusão