Marido mata adolescente amante da esposa ao descobrir traição, em Aquiraz, na Grande Fortaleza

O homem, autor dos disparos, foi preso. A mulher também foi capturada, por ter escondido a arma de fogo utilizada no crime

Escrito por Redação,

Segurança
Marido mata adolescente amante da esposa ao descobrir traição, em Aquiraz, na Grande Fortaleza
Legenda: Aos agentes, testemunhas informaram que o marido começou a desconfiar que a esposa estava o traindo com o jovem. Na quinta-feira (19), ele saiu mais cedo do trabalho e descobriu o envolvimento dos dois
Foto: Rafaela Duarte

Um homem identificado como Ricardo de Souza dos Santos, 30, foi preso na quinta-feira (19) suspeito de matar um adolescente apontado pela Polícia Militar como amante da esposa dele, no bairro Gruta, em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Na ocasião, Gessica Monteiro Andrade, 29, companheira de Ricardo, também foi capturada, por ter escondido a arma de fogo utilizada no crime.

De acordo com os policiais militares, Luciano da Silva Melo, de 15 anos, era conhecido do casal e estava morando com eles há alguns dias em uma casa localizada no cruzamento da Rua Padre Valdir Medeiros com Travessa São Francisco.

Aos agentes, testemunhas informaram que o marido começou a desconfiar que a esposa estava o traindo com o jovem. Na quinta-feira (19), ele saiu mais cedo do trabalho e descobriu o envolvimento dos dois.

Discussão

Ricardo e Luciano teriam discutido e, em seguida, o homem efetuou os disparos de arma de fogo contra a vítima, que foi atingida na cabeça e caiu sem vida na calçada da residência.

Logo após o crime, o casal fugiu do imóvel. A Polícia Civil de Aquiraz soube que eles estavam perto do local onde o fato aconteceu e os localizaram.

Durante a ofensiva, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, quatro munições deflagradas e uma bicicleta, que teriam sido utilizadas no delito em um matagal. Com base nos indícios, o homem foi conduzido para a Delegacia Metropolitana de Aquiraz. 

Levantamentos

Eles foram encontrados e, durante as investigações, os policiais civis apuraram que a mulher escondeu a arma de fogo usada na ação criminosa, e que o homem foi o autor dos disparos.

Ricardo e Gessica, que não tinham antecedentes criminais, foram levados para a Delegacia Metropolitana de Aquiraz. O homem foi autuado em flagrante por homicídio doloso. A Polícia Civil colhe indícios para saber se houve a participação de mais pessoas no caso.

Por meio de nota, a Polícia Civil confirmou que o crime foi motivado por ciúmes.

"Investigações apontam que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a ex-companheira e acreditava que ela estaria se relacionando com a vítima. A PC-CE segue investigando as circunstâncias do crime para elucidar os fatos", disse.