Idoso foragido por sequestrar gerente para assaltar banco no Maranhão é preso no Ceará

A família da vítima também foi raptada. O funcionário da instituição financeira foi obrigado a usar um colete com explosivos para impedir os trabalhos policiais

Polícia Civil do Maranhão
Legenda: Gerardo Rodrigues da Silva, de 62 anos, foi capturado em um trabalho integrado de compartilhamento de informações entre as Polícias Civis do Ceará e do Maranhão
Foto: Divulgação/SSP-MA

Um idoso de 62 anos, que estava foragido suspeito de ter sequestrado o gerente de um banco e a família da vítima para assaltar a agência, no Maranhão, foi preso no Ceará.

O crime aconteceu em 17 de novembro do ano passado, em Codó (a 300 quilômetros de São Luís), e o homem foi capturado na sexta-feira (24), no bairro Coaçu, no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Civil, no dia da ação criminosa, Gerardo Rodrigues da Silva obrigou o funcionário da instituição financeira a usar um colete com explosivos para impedir os trabalhos policiais.

Ele, que é natural de Osasco, São Paulo, e não tinha antecedentes criminais no Ceará, foi preso por força de um mandado de prisão da Justiça maranhense.

Ofensiva

A captura foi realizada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) da Polícia Civil do Maranhão, com o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil do Ceará.

No momento da abordagem, o idoso não reagiu. Ele foi levado para a sede da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), em Fortaleza, onde são realizadas as tratativas para recambiar o preso ao Maranhão.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança