Dono de bar abre estabelecimento e é detido pela polícia em Maranguape

O governador Camilo Santana determinou o fechamento de todos os estabelecimentos do Estado até o próximo dia 29 de março

O dono de um bar que abriu o estabelecimento nesta sexta-feira (20), em Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza, descumprindo ordens do Governo do Estado para manter comércios e serviços não essenciais fechados até o fim do mês, foi detido pela polícia e levado à delegacia do município, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime contra a administração pública. 

O empresário foi liberado em seguida. Mas o descumprimento à medida de suspensão divulgada pelo Governo do Estado, nesta quinta-feira (19), pode acarretar em multa diária de R$ 50 mil, além de medidas como apreensão, interdição e emprego de força policial.  A medida é para evitar a proliferação do novo coronavírus

Segundo determinação do governador Camilo Santana, todos os estabelecimentos do Estado devem permanecer fechados até o próximo dia 29 de março, com exceção de serviços essenciais, como farmácias, hospitais, clínicas veterinárias e supermercados. 

O dono do bar foi detido após denúncia feita à polícia. Os militares realizavam patrulhamento quando receberam a denúncia e se deslocaram até o Bairro Outra Banda, em Maranguape, onde está localizado o estabelecimento.  

O responsável pelo bar estava no local e foi alertado pelos policiais de que feria a determinação do governo. No entanto, não atendeu a ordem da polícia e foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 

O homem já tinha passagens pela polícia por ameaça, crime contra a administração pública e furto. 

Denúncia

A população pode denunciar casos de desobediência ao decreto do Governo pelo telefone 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).


Categorias Relacionadas