Seis novos ministros do Governo de Jair Bolsonaro tomam posse nesta terça-feira (6)

A cerimônia acontece no Palácio do Planalto, em Brasília, e será transmitida ao vivo pelos canais oficiais do Governo Federal

Palácio do Planalto
Legenda: A cerimônia começa às 10h e será realizada no Salão Nobre do Planalto
Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro dará posse aos novos ministros de seu governo, nesta terça-feira (6), em uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto, em Brasília. O evento oficializará às seis trocas ocorridas na equipe ministerial na semana passada, além do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que, apesar de já ter assinado o termo de posse, deve ser oficializado na ocasião.

A cerimônia, que começa às 10h, será realizada no Salão Nobre do Planalto e deve reunir autoridades do governo, parlamentares e demais convidados. A Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Federal informou que o evento será reservado, mas terá transmissão ao vivo pelos canais oficiais do Governo Federal. 

Além de Queiroga, o evento também será simbólico para outros dois ministros já empossados na semana passada em ato reservado no gabinete do presidente. São eles: André Mendonça, da Advocacia-Geral da União (AGU), e Anderson Torres, da Justiça e Segurança Pública.

Na cerimônia serão empossados os ministros militares que mudaram de pastas após o presidente Jair Bolsonaro demitir Fernando Azevedo e Silva, do Ministério da Defesa. A pasta agora é comandada pelo general Walter Braga Netto, que para isso deixou a chefia da Casa Civil. Em seu lugar, assumiu Luiz Eduardo Ramos, até então responsável pela Secretaria de Governo (Segov).

A articulação com o Parlamento irá agora para as mãos da deputada Flávia Arruda (PL-DF), ministra nomeada chefe da Segov e mais uma representante do bloco Centrão dentro do governo. A deputada e Carlos França, que substituirá Ernesto Araújo no Ministério das Relações Exteriores, completam o grupo de novos ministros que serão empossados nesta terça.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política