Nailde Pinheiro irá presidir TJCE

Com discurso de continuidade, a desembargadora foi eleita presidente da Corte para o biênio 2021-2023

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) elegeu, ontem (24), os novos dirigentes do Poder Judiciário cearense para o biênio 2021-2023. Atual vice-presidente da Corte, a desembargadora Nailde Pinheiro, foi eleita a próxima presidente. Ela deve assumir o cargo no início de 2021.

Também foram eleitos os desembargadores Antônio Abelardo Benevides Moraes como vice-presidente e Paulo Airton Albuquerque como corregedor, respectivamente.

O discurso foi de continuidade do trabalho realizado pela atual gestão, comandada pelo desembargador Washington Araújo, e tendo como meta a modernização do Judiciário.

Nailde Pinheiro destacou a implantação do Programa de Modernização do Poder Judiciário do Estado do Ceará (Promojud) como um dos principais focos da futura gestão, com o objetivo de promover melhorias na estrutura de tecnologia para a expansão da prestação de serviços do Tribunal. "Os investimentos em tecnologia irão alçar a nossa Justiça à modernidade, dotando-a de instrumentos atualizados de gestão", ressaltou a desembargadora. No total, serão US$ 35 milhões investidos no Judiciário estadual.

Eleito vice-presidente da Corte, o desembargador Abelardo Benevides também ressaltou a necessidade de "dar continuidade a esse trabalho que vem sendo feito, que tem nos colocado em um patamar diferente" e a importância de a gestão que assume para o próximo biênio também "ampliar o trabalho e desenvolver novas atividades".

Já Paulo Airton Albuquerque destacou que a próxima gestão da Corregedoria será participativa e deve "primar pela função pedagógica". Nailde Pinheiro é, atualmente, vice-presidente do TJCE. Já o atual corregedor é o desembargador Teodoro Silva Santos. O mandato deles termina em 31 de janeiro de 2021.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Assuntos Relacionados