Candidato à Prefeitura de Amontada tem carro atingido por tiros; caso está sob investigação

Não há confirmação de que trata-se de um crime político. Fato ocorreu na noite de sábado; vítima ainda não compareceu à delegacia e nem encaminhou o veículo para perícia

foto de carro
Legenda: O atentado ocorreu em uma estrada carroçável, quando os homens se aproximaram do carro e abordaram o veículo
Foto: Foto: Divulgação

A Polícia Civil em Amontada, na região Norte do Estado, está investigando um possível atentado a tiros contra o candidato à Prefeitura da Cidade, Paulo César dos Santos (PT).  Segundo relato da esposa dele, que estava no local, o casal se dirigia a uma fazenda de sua propriedade na zona rural do município, por volta de 21h30 de sábado (26), quando foi abordado por dois homens em uma moto que abriram fogo contra o carro. 

Ainda não há confirmação sobre um possível crime político. O caso segue sob investigação pela Delegacia de Amontada, segundo nota da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Ainda segundo as autoridades, o fato foi comunicado à Delegacia Regional de Itapipoca, policiais mantiveram contato com as vítimas e fizeram buscas na região. 

Até o momento, entretanto, a vítima não compareceu à unidade policial e nem levou o veículo para ser periciado. A nota da SSPDS não cita o nome dos envolvidos. 

O caso 

Paulo César e a esposa retornavam da casa de familiares. O atentado ocorreu em uma estrada carroçável, quando os homens se aproximaram do carro e abordaram o veículo, obrigando o candidato a parar. Os criminosos mandaram a esposa do candidato descer do veículo e correr, ainda de acordo com o relato dela. 

"Foi muito rápido, depois que eles fizeram os disparos, como a fazenda é próximo de lá, eu corri e pedi ajuda. O pessoal veio, e graças a Deus não atingiu ele", contou. 

O candidato conduzia o carro quando o atentado ocorreu. Os disparos foram feitos em direção ao para-brisa do veículo. Nenhum dos tiros atingiu Paulo César. Segundo a mulher, ele teve apenas arranhões no corpo devido aos estilhaços de vidro. 

Ainda segundo relatou a esposa, o candidato não revelou ter recebido qualquer tipo de ameaça antes do atentado. O casal não conseguiu identificar os suspeitos, que usavam capacetes. 

A reportagem tentou conversar com o candidato, mas a esposa informou que ele estava "abalado" e "não tinha condições" de falar. 

Eleição 

Paulo César é um dos cinco candidatos que disputam a Prefeitura da Cidade neste  ano. Deusdete (PTC), Dr. Clébert do Caps (PSD), Edilson Martins (PTB) e Jane Leila (PP) também com correm lá. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Assuntos Relacionados