R. Unido: documentos vazados alertam para problemas em Brexit sem acordo

O Sunday Times publicou o que afirma serem memorandos confidenciais do governo descrevendo as consequências de desconsiderar o acordo costurado por Theresa May

Legenda: O atual premiê britânico, Boris Johnson, diz que aderirá ao Brexit, mesmo sem acordo, até o prazo dado pela União Europeia, dia 31 de outubro
Foto: Daniel Leal-Olivas / POOL / AFP

Documentos vazados do governo britânico alertaram para problemas em todo o país caso o Reino Unido deixe a União Europeia sem um acordo comercial com o bloco em 31 de outubro. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse estar preparado para sair da UE, independentemente de ser capaz de renegociar o acordo Brexit firmado com Bruxelas por sua antecessora, Theresa May, nas próximas dez semanas. 

O Sunday Times publicou o que afirma serem memorandos confidenciais do governo descrevendo as consequências de desconsiderar o acordo costurado por May. Os documentos alertam que uma súbita saída britânica poderia levar a uma diminuição na oferta de alimentos frescos, além de interrupções "significativas" no fornecimento de medicamentos que podem durar até seis meses. O Gabinete do Governo do Reino Unido não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Fonte: Associated Press.