Osvaldo elogia "clima" da torcida do Fortaleza em Buenos Aires: "Está como de final"

Fortaleza encara o Independiente na quinta-feira (13), às 21h30, no estádio Libertadores de América, em Avellaneda

Legenda: Experiente na competição, o atacante Osvaldo foi campeão do torneio em 2012 pelo São Paulo ao lado de Rogério Ceni
Foto: Foto: Marcos Montenegro

Elenco, técnico Rogério Ceni, funcionários do clube, dirigentes e parte da torcida viajaram na noite de terça-feira (11) em voo fretado rumo à primeira competição internacional do Leão. Os torcedores do Fortaleza vão tomando as ruas de Buenos Aires e a festa tem agradado os jogadores. svaldo falou sobre o clima em Buenos Aires e comparou passagem a de 2012, pelo São Paulo, quando disputou o primeiro jogo da final da Sul-Americana, contra o Tigre.

"Rogério tá sempre nos motivando. O clima aqui já está como de final. Tava até comentando com o Rogério ontem. Nem no São Paulo, não estava esse clima quando viemos jogar a final. A torcida veio e está nos dando todo o apoio. Queremos retribuir", compartilhou. O time entra em campo na quinta-feira (13), às 21h30, no Estádio Libertadores de América.

Para a partida da Argentina, 4.500 ingressos foram disponibilizados para a torcida tricolor. Mais de 33 mil torcedores já confirmaram presença na partida de volta, que ocorre na quinta-feira (27), às 21h30. Os ingressos para o confronto começaram a ser disponibilizados no domingo (9).

"É como se estivessem todos aqui com a gente. Os que não puderam vir, estarão com a gente também. A torcida tem mostrado um carinho enorme e buscamos retribuir dentro de campo. Queremos essa vitória. A torcida merece", declarou Osvaldo.

O atacante tem muita experiência em campeonatos internacionais e foi campeão da Sul-Americana pelo São Paulo em 2012. Osvaldo nunca enfrentou o Independiente, mas os estudos para o desafio do Fortaleza andam em dia. Time de tradição na Argentina, o Rei de Copas é o maior campeão de Libertadores e promete uma grande partida. Osvaldo analisou o adversário.

"É um time que marca muito forte, não desiste nunca, mas deixa espaços. Pode sobrar muita bola para a gente, que temos jogo rápido. Sabemos da dificuldade. Ontem no treino o Romarinho levou umas pancadas e o Rogério não parou. Mandou continuar porque vai ser assim amanhã. A equipe deles é de muita força física e temos que estar preparados para tudo: Independiente, arbitragem...", destacou.