Fortaleza abre vantagem, mas sofre no fim e dá adeus à Sul-Americana

Tricolor abriu 2 a 0 com Juninho e Marlon, mas Bustos marcou aos 47 da segunda etapa

Foto: Foto: Thiago Gadelha

O Fortaleza está eliminado da Copa Sul-Americana. Em grande partida que recebeu 52.552 torcedores na Arena Castelão, na noite desta quinta-feira (27), o Leão venceu o Independiente por 2 a 1 com gols de Juninho, de pênalti, e Marlon, mas viu Bustos, aos 47 da segunda etapa, fazer o gol que deu aos argentinos a classificação para a segunda fase da disputa. Com o resultado, o Tricolor do Pici dá adeus à competição continental.

Enredo do jogo

Foto: Foto: Thiago Gadelha

Soberano e com maior posse de bola, o Fortaleza deixou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 de forma justa. Utilizando bastante jogadas de velocidade, como é o estilo da equipe de Rogério Ceni, o Tricolor do Pici criou bastante jogadas tanto pelos lados do campo quanto pelo meio e levou perigo pela primeira vez no jogo com David. O atacante recebeu cruzamento de Bruno Melo, girou e bateu para o gol, mas Campaña, bem posicionado, fez a defesa.

Buscando abrir o placar dentro de casa para deixar tudo igual no agregado, já que o time argentino havia vencido no jogo de ida, o Leão não deixou de atacar o Independiente durante todos os 45 minutos. Aos 23, Osvaldo entrou na área, driblou Bustos, mas foi derrubado pelo lateral. Juninho converteu a penalidade e balançou as redes aos 25, fazendo a festa os mais de 50 mil tricolores presentes no estádio Governador Plácido Castelo.

Legenda: Juninho fez o primeiro gol da partida
Foto: Foto: Thiago Gadelha

No fim da primeira etapa, os Rojos chegaram a assustar com batida de fora da área de Fernández, autor da vitória argentina no jogo em Avellaneda. No entanto, Felipe Alves, que pouco precisou trabalhar, tocou com a ponta dos dedos para desviar por cima do gol, fazendo a primeira grande defesa da partida.

Sem alterações nos dois times no retorno à etapa final, a equipe comandada por Rogério Ceni voltou jogando da mesma forma do primeiro tempo: impetuoso, veloz, indo para cima. E logo aos três minutos o Tricolor chegou perto de amplicar o marcador. Principal nome nome da partida, Osvaldo fez jogada de velocidade pela esquerda, entrou na área pela lateral e tocou na saída do goleiro, mandando a bola para o meio. Mas Barboza apareceu para afastar o perigo.

Aos seis, o atacante do Leão apareceu novamente. Em seu melhor estilo, veloz e habilidoso, o camisa 11 avançou pela esquerda, deixou o marcador para trás e finalizou com a esquerda, mas o goleiro Campaña defendeu.

Foto: Foto: Kid Júnior

Recuado em seu campo defensivo, os argentinos tentaram sair no contra-ataque, mas pecaram na hora de pôr velocidade e tiveram sérias dificuldades de ultrapassar a forte marcação tricolor que, mesmo desfalcada sem Quintero, que foi expulso no jogo de ida, não teve muitos problemas.

A grande chance dos visitantes parou nas mãos de Felipe Alves. Silvio Romero recebeu na esquerda e cruzou à meia altura na área, mas o goleiro do Leão se jogou no lance interceptando a jogada do camisa 18 dos Rojos.

Mesmo caindo um pouco de produção devido ao cansaço, o Fortaleza chegava com perigo, assustando os argentinos. David, em duas vezes, chegou perto de balançar as redes. Na primeira, o atacante tocou na saída de Campaña, mas Alan Franco chegou afastando antes que a bola pudesse ultrapassar a linha do gol. Na jogada seguinte, o camisa 17 recebeu cruzamento de Bruno Melo e se jogou no lance, mas errou a pontaria e mandou por cima do gol.

Bastante criticado, o meia entrou aos 32 e um minuto depois balançou as redes. A jogada começou com David puxando jogada de ataque e passou para Gabriel Dias. O lateral tocou recuado para Marlon que bateu de fora da área para fazer o segundo do Tricolor do Pici na partida.

Legenda: Marlon fez o segundo do Tricolor do Pici na partida
Foto: Foto: Kid Júnior

Quando tudo se encaminhava para que o Tricolor estivesse na póxima fase da competição, Bustos estragou a festa dos presentes na Arena Castelão. Aos 47, Velázquez tocou para Butos que bateu cruzado. A bola desviou em Bruno Melo e morreu nas redes de Felipe Alves, que nada pôde fazer.

Legenda: Com gol no fim do jogo, Independiente elimina o Fortaleza da Sul-Americana.
Foto: Foto: Thiago Gadelha / SVM

Apesar da vitória, o Fortaleza está eliminado da Sul-Americana. Agora, o Leão do Pici volta seu foco ao Campeonato Cearense e Copa do Nordeste, além da Copa do Brasil, onde entra já nas oitavas de final da disputa.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?


Tom Barros 23 de Setembro de 2020