Alívio Tricolor: Fortaleza só não fica na Série A com combinação quase impossível na última rodada

Após derrota no sábado, Leão de Aço precisou aguardar o fim da 37ª rodada, e com tropeços de Vasco e Goiás, o clube praticamente permanece na elite; Leão só cai se time carioca tirar desvantagem de 12 gols na última rodada

Legenda: O Fortaleza fez uma campanha ruim no returno da Série A mas permaneceu com uma rodada de antecedência após tropeços de Vasco e Goiás
Foto: THIAGO GADELHA

O Fortaleza e seus torcedores viveram um dia diferente, de tensão, apreensão e alívio no fim na 37ª rodada, com o clube praticamente garantido na Série A do Campeonato Brasileiro. A goleada sofrida no sábado para o Bahia por 4 a 0, no Castelão, deixou o Leão na dependência de tropeços de Vasco e Goiás para não depender de resultado na 38ª e última rodada, na quinta-feira (25), contra o Fluminense, no Maracanã, às 21h30. E para alívio dos leoninos, foi isso que aconteceu. 

Embora matematicamente não seja possível cravar a permanência do Fortaleza na elite, só uma combinação improvável com direito a goleadas será capaz de rebaixar o clube cearense, um verdadeiro imponderável do futebol.

Combinação improvável

O time carioca precisará descontar uma vantagem de 12 gols do Fortaleza no saldo, o que parece impossível. Resumindo: o Vasco precisaria golear o Goiás, em São Januário, por seis gols de diferença na rodada final, e o Leão perder pela mesma diferença para o Fluminense, no Maracanã.

Com os empates do Vasco em 0 a 0, diante do Corinthians, em São Paulo, em jogo às 16 horas, e mais tarde, no jogo das 20h30, do Goiás diante do Bragantino, também em 0 a 0, o Leão se manteve em 16º com 41 pontos, 10 vitórias e saldo negativo de oito gols, enquanto o Vasco, logo atrás, chegou aos 38, mas com apenas nove vitórias, mas um saldo negativo de 20 gols.

Convenhamos, é tão improvável que ao fim do jogo em Itaquera, os jogadores do time da Cruz de Malta não esconderam a desolação, chorando no banco de reservas e escondendo o rosto, pois sabiam que o empate era a ruína do time carioca, rebaixado pela 4ª vez.

Ouça o 'FortalezaCast'

Saga
Foi só ouvirem o apito final na Arena Castelão, com o Leão derrotado por 4 a 0 para o Bahia para os torcedores pegarem a calculadora para simular as chances do Fortaleza de permanência após os jogos de domingo.

O receio de ver adversários diretos como Vasco e Goiás encostarem na tabela e tornar o risco de rebaixamento maior e real para o Leão era o grande temor da torcida, que precisou acompanhar os jogos das 16 horas e 20h30 como se fosse do próprio clube e respirar aliviada no fim.

Legenda: O Vasco empatou com o Corinthians em Itaquera e só escapa escapa do rebaixamento se tirar 12 gols de saldo para o Fortaleza
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A primeira tarefa era “secar” o Vasco em Itaquera, contra o Corinthians, que ainda nutria remotas chances de vaga na Libertadores. Em um jogo amarrado, o empate em 0 a 0 fez o torcedor leonino respirar aliviado.

Só faltava o jogo das 21h30 para “secar” o Goiás diante do Bragantino, que se vencesse, teria chance de vaga na Libertadores. Se o Esmeraldino vencesse, ficaria tudo para a última rodada, mas o zero não saiu do placar.

Legenda: O Goiás lutou, mas só empatou com o Bragantino, e foi rebaixado
Foto: Divulgação/Goiás EC

O jogo foi mais aberto do que a partida em Itaquera, com ambos perdendo chances claras, e o Góiás estando mais perto da vitória do que o time carioca.
Com o apito final já perto das 22h30, o torcedor tricolor pode comemorar o resultado e o alívio de que o Fortaleza está praticamente garantido na Série A.

Outro objetivo

Com a permanência na Série A praticamente garantida, o Tricolor de Aço deve se preparar com mais tranquilidade para encerrar a Série A, diante do Fluminense, e buscar uma vaga na Sul-Americana pelo 14º lugar, após respirar mais com os resultados favoráveis.

Se o Leão vencer o Fluminense, no Maracanã, a chance se torna real. Basta que Bahia e Sport não vençam na rodada. O Rubro-Negro é o 14º com 42 pontos e seria ultrapassado pelo Fortaleza se empatar com o Athletico/PR, em Curitiba. É o mesmo caso do time baiano, que recebe o Santos, na Fonte Nova e está em 15º com 41.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte