Plano para Desenvolvimento do Nordeste estabelece prioridades na distribuição de verbas

A ideia é realizar investimentos direcionados a regiões que funcionem como indutores de desenvolvimento; serão 41 polos prioritários, além das nove capitais