CNJ pune juiz que acusou Gilmar Mendes de receber propina por habeas corpus

Acusador ficará dois anos afastado do cargo, mas terá direito a receber salário proporcional ao tempo de serviço