Vídeo mostra atropelamento de estudante por Bruno Krupp; imagens são fortes

Imagens foram obtidas com exclusividade pelo jornal O Globo nesta sexta (5)

Bruno Krupp e imagens do acidente
Legenda: Bruno Krupp atropelou o estudante na orla da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio
Foto: reprodução/Instagram

Imagens obtidas e divulgadas pelo jornal O Globo mostram o momento em que o modelo Bruno Krupp atropelou o estudante João Gabriel Cardim Guimarães, no último sábado (30). A vítima do acidente teve a perna arrancada e veio a óbito após ser encaminhada para atendimento no Hospital Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro. As imagens são fortes.

No vídeo, é possível ver o estudante atravessar a pista da Avenida Lúcio Costa, na altura do Posto 3, ao lado da mãe. Os dois estavam a cerca de 20 metros da faixa de pedestres e haviam saído de uma comemoração de aniversário da família nas proximidades. 

Ainda segundo as investigações, Bruno estaria a 150 km/h, enquanto a via tem velocidade máxima de 60 km/h. A perna do adolescente atropelado foi arremessada 50 metros à frente do acidente. Segundo o pai de Bruno, Darcy Krupp Filho, o modelo havia saído de um jantar com a namorada. Darcy nega que o filho tenha ingerido bebida alcoólica na ocasião.

Após o acidente, o corpo de João Gabriel Cardim Guimarães foi sepultado na última segunda-feira (1),  em um cemitério na Zona Norte do Rio de Janeiro. A cerimônia reuniu mais de 100 pessoas, incluindo colegas de escola e professores. 

No hospital

Na manhã desta sexta, conforme informações do jornal Extra, Bruno Krupp foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Marcos Moraes, no Méier, na Zona Norte do Rio.

A equipe médica da unidade de saúde já havia emitido parecer liberando o rapaz para ser levado ao sistema prisional por conta do quadro estável, entretanto um profissional contratado da família dele indicou possíveis problemas nos rins do jovem e a possibilidade de ele precisar de sessões de hemodiálise.

Na última terça-feira (3), o modelo já havia recebido agentes da 16ª DP para cumprirem o mandado de prisão preventiva decretada juíza Maria Isabel Pena Pieranti, do plantão judicial do Tribunal de Justiça do Rio. 

Ainda, Bruno teria ironizado a blitz de Lei Seca em que foi parado três dias antes do incidente. Em postagem nas redes sociais, ele escreveu: "hoje me fudi".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados