Nobel de Economia vai para autores que falaram de pesquisas sobre mercado de trabalho

David Card, Joshua Angrist e Guido Imbens contribuíram com novas ideias sobre o mercado de trabalho e mostrou quais conclusões podem ser tiradas de experiências naturais

Montagem com os três ganhadores do Nobel
Legenda: Trio de especialistas da economia experimental ganha Nobel
Foto: Reprodução

O Prêmio Nobel de Economia foi concedido, nesta segunda-feira (11), a três especialistas da economia experimental: o canadense David Card, o americano Joshua Angrist e o americano-holandês Guido Imbens.

O trio "contribuiu com novas ideias sobre o mercado de trabalho e mostrou quais conclusões podem ser tiradas de experiências naturais em termos de causas e consequências", elogiou o júri do Nobel.

David Card foi laureado pelas contribuições empíricas para a economia do trabalho. Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens receberam o prêmio pelas metodologias para a análise das relações causais.

Em 2020, venceram os economistas norte-americanos Paul R. Milgrom e Robert B. Wilson.

Trabalho dos premiados

David Card fez experimentos naturais para avaliar os efeitos do salário mínimo, da imigração e da educação no mercado de trabalho.

O Nobel citou que David Card, em um exemplo, usou o pesquisador já falecido Alan Krueger usaram um experimento natural para investigar como o aumento do salário mínimo afeta o emprego.

Arte com as fotos dos premiados
Foto: Divulgação

Veja quem foram os outros vencedores do prêmio Nobel deste ano:

  • Paz: Maria Ressa e Dmitry Muratov
  • Medicina: David Julius e Ardem Patapoutian
  • Física: Syukuro Manabe, Klaus Hasselmann e Giorgio Parisi
  • Química: Benjamin List e David MacMillan
  • Literatura: Abdulrazak Gurnah

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados