'Banho nos testículos': alemã cria anticoncepcional masculino e ganha prêmio de quase R$ 250 mil

Inspiração veio de um câncer cervical que ela teve, e os médicos suspeitaram que tenha sido causado pelo uso frequente de pílulas anticoncepcionais

Uma alemã criou um aparelho baseado em ultrassom que promete ser um anticoncepcional masculino. O artefato que dá "banho nos testículos" e neutraliza os espermatozoides fez Rebecca Weiss ganhar o prêmio principal do James Dyson Awards. Ela levou US$ 45 mil (o equivalente a quase R$ 250 mil). As informações são do Uol.

De acordo com o site UPI, o COSO, nome do produto, usa ultrassom para paralisar temporariamente o movimento dos espermatozoides.

O método tem poucos minutos de ação e é indolor. A sensação é de um "banho" morno. Ainda não se sabe sobre possíveis efeitos colaterais adversos.

O anticoncepcional masculino é usado no intervalo de alguns meses - não especificado o tempo exato na reportagem da UPI - para manter a interrupção no movimento dos espermatozoides e, assim, evitar que eles possam fertilizar óvulos depois da relação sexual.

Reconhecimento

Tradicional na Alemanha, o James Dyson Awards é conhecido por "celebrar, encorajar e inspirar designers a terem ideias que solucionem problemas".

Além da premiação, Rebecca Weiss ganhou o reconhecimento da entidade para buscar verbas para passar para fase de testes e tentar vender o produto.

Inspiração

A inventora do artefato falou que a inspiração veio de um problema de saúde que ela enfrentou. A alemã teve um câncer cervical, e os médicos suspeitaram que tenha sido causado pelo uso frequente de pílulas anticoncepcionais.

"Quando meu companheiro e eu procuramos métodos alternativos, percebemos a falta de métodos para os homens", afirmou, no projeto apresentado ao Dyson Awards.

"Esse problema não é só meu. Ele afeta muitas outras mulheres e torna evidente que se discuta publicamente alternativas", disse.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados